Menu
Busca segunda, 10 de dezembro de 2018
(67) 9860-3221
CAMPO GRANDE

Internado há dez dias, jovem que precisava de sangue morre em hospital

06 outubro 2017 - 07h52

O acadêmico de Serviço Social Rafael Medina Araújo Saverio, morreu na madrugada desta quinta-feira, dia 05 de outubro, após ficar dez dias internados no HU (Hospital Universitário) em Campo Grande. O rapaz de 30 anos teve falência renal e estava na UTI em estado grave desde o dia 25 de setembro.

No dia 28 de setembro os colegas de turma de Rafael, procuraram o site Midiamax para pedir doações de sangue em nome do acadêmico, mas informaram na tarde de ontem que após algumas infecções ele acabou não resistindo.

“Nós queremos agradecer todo mundo que disponibilizou seu tempo para ir doar sangue. Queremos agradecer vocês do site pelo espaço pedindo as doações, mas infelizmente ele não resistiu”, disse uma colega.

Rafael era acadêmico de serviço social e estagiário no Fórum de Campo Grande.

Deixe seu Comentário

Leia Também

IMPRENSA
Sindicato dos Jornalistas da Grande Dourados completa 29 anos de luta
CORUMBÁ
Homem perde perna e braço após ser atropelado por trem
DOCUMENTO
Carteira de Motorista com chip é adiada para o final de 2022
EDUCAÇÃO
Inscrições para o Vestibular indígena Teko Arandu começam nesta segunda
FACILIDADE
Pedidos de indenização do DPVAT podem ser feitos por smartphone
BRASIL
Em diplomação, Bolsonaro pede confiança daqueles que não votaram nele
POLÍCIA
Dados da Sejusp apontam redução da criminalidade em MS neste ano
ECONOMIA
Dólar fecha em alta e sobe a R$ 3,92, com temores de desaceleração global
DINHEIRO PÚBLICO
Decreto torna mais rígida a tramitação de processos de licitação em Dourados
PANTANAL
Pedágio na ponte sobre o rio Paraguai é reajustado

Mais Lidas

VIOLÊNCIA
Idosa é espancada, esfaqueada e vai parar na UTI após assalto em Dourados
DOURADOS
Criança morre no HV três dias após ser atropelada na Cachoeirinha
DOURADOS
Dupla é presa por tráfico de drogas na Vila Mariana
INVESTIGAÇÃO
Brasileira desaparecida na Austrália é encontrada morta em praia