Menu
Busca quarta, 18 de julho de 2018
(67) 9860-3221

Grávida deve ter cuidados com a alimentação na ceia

17 dezembro 2012 - 15h45

Quando se fala em festas de fim de ano logo vem à cabeça a imagem de uma ceia farta, repleta de comidas deliciosas. Para as futuras mamães, que acabam comendo por dois, pode ser difícil escapar das tentações, mas a atenção com o que consome é muito importante para garantir a saúde do bebê.

O tradicional Champagne, por exemplo, não deve nem passar perto das grávidas. “É proibida a ingestão de bebida alcoólica. O álcool afeta o DNA e pode trazer como consequência mais leve uma criança hiperativa, passando por possíveis deficiências mentais, até o caso mais grave, que é o desenvolvimento da Síndrome Alcoólica Fetal (SAF), resultando no nascimento de um bebê com microcefalia, baixa estatura, deformidades e retardo mental, entre outros problemas”, alerta o pediatra geneticista Roberto Muller.

Há médicos que permitem a ingestão de no máximo uma taça de bebida alcoólica, mas, segundo o especialista, essa indicação não é a ideal. “Primeiro porque nem todas conseguem controlar e vão acabar extrapolando, mas o mais grave é que não há como medir o efeito da bebida. Cada corpo reage de um jeito. Pode ser que uma mulher beba muito e não tenha efeito nenhum sobre o feto, ao mesmo tempo em que uma que beba apenas um gole pode apresentar dificuldades na gravidez”.

Veja mais cuidados com a ceia:

Evite contato com as carnes cruas – Deixe que o preparo das carnes para a ceia fique por conta de outra pessoa. “A carne crua pode estar contaminada por toxoplasmose, e a doença pode passar para o feto, causando problemas na formação do bebê”, explica Muller. É importante também que a grávida consuma apenas carnes bempassadas.

Peixes nem sempre são tão saudáveis – O bacalhau impera nas ceias, mas as grávidas também precisam de atenção com os peixes. “Muito se diz sobre o ômega 3 dos peixes, mas ele só está presente nos pescados. Os que são criados para consumo, além de não possuírem o ômega 3, apresentam ômega 6, que engorda”.

Gorduras e doces com moderação – Não é nenhum mistério, os doces e gorduras podem prejudicar muito a saúde, provocar diabetes e elevar o peso. As tradicionais rabanadas, por exemplo, devem ser consumidas com muita moderação. A dica do profissional para as frituras é dar preferência para o azeite, evitando óleo e manteiga.

Alegria e amor estão liberados! – Seguindo todas as dicas, é só curtir os benefícios das festas de fim de ano. “Estar em um ambiente agradável e em boas companhias, rodeada de amor e união, faz com que a futura mamãe libere menos cortizol e adrenalina, garantindo uma gravidez mais tranquila e, consequentemente, um bebê muito mais calmo”, finaliza.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Dupla em Corsa branco teria executado homens em Sitioca
UAU
Maria Flor posa nua e abre o jogo sobre masturbação: “É muito libertador”
TRÊS LAGOAS
Por suspeita de traição, homem sequestra "amigo" e ameaça matá-lo
MELHORIAS
DNIT pode assumir obras da BR-163 não realizadas pela CCR MSVia
LAGUNA CARAPÃ
Prefeitura anuncia seleção para 96 vagas e salários de até R$ 12 mil
CORUMBÁ
Irmãos são presos em casa onde mantinham mulher aprisionada
ROMA
Brasileiro é denunciado por vandalismo ao gravar inicial no Coliseu
AMAMBAI
Condenado cumpre pena e solto passa a morar embaixo de carreta
TECNOLOGIA
INSS lança plataforma que permite acessar extrato pela Internet
UEMS
Mestrado em Ensino em Saúde abre inscrições para aluno especial

Mais Lidas

DUPLO HOMICÍDIO
Duas pessoas são assassinadas em Dourados
DOURADOS
Acusado de matar mecânico confessa assassinato de homem no Flórida
DUPLO HOMICÍDIO
Polícia identifica uma das vítimas de assassinato em Dourados
VIOLÊNCIA URBANA
Bandidos estouram caixa eletrônico de banco em Dourados