Menu
Busca quinta, 22 de agosto de 2019
(67) 9860-3221

Filtro solar com alta proteção não evita bronzeamento da pele

15 janeiro 2013 - 12h40

Muita gente acredita que o protetor solar bloqueia o sol e impede que a pele fique bronzeada. Porém, mesmo os produtos com fator de proteção acima de 50 não protegem 100% a pele contra os raios UVA, responsáveis pelo bronzeamento. Ou seja, mesmo com filtro solar, é possível se bronzear, como afirmaram as dermatologistas Márcia Purceli e Luciana Maluf no Bem Estar desta terça-feira (15).

A única proteção 100% contra os raios UVA é física, ou seja, a roupa. De qualquer maneira, é seguro tomar sol antes das 10h e depois das 16h, sempre com protetor com FPS acima de 30 que protege também contra os raios UVB, que podem causar câncer de pele.

Outro mito desvendado no Bem Estar desta terça-feira (15) foi o fato de o refrigerante dar celulite. Nesse caso, o causador do problema é o excesso de sódio, que leva à retenção de líquido principalmente nos glúteos e na coxa. Pessoas que ficam sentadas por muito tempo dificultam ainda mais a passagem do líquido, o que pode agravar a celulite ainda mais.

Ficar muito tempo sentado na mesma posição pode causar também varizes. Algumas pessoas acreditam que cruzar a perna ou usar calça apertada pode favorecer o surgimento do problema, mas isso não é verdade.

A predisposição genética, a princípio, é a grande desencadeadora das varizes. Fora isso, ficar na mesma posição parada por um longo período, excesso de peso e a gravidez também podem dificultar o retorno venoso e desenvolver o problema.

As dermatologistas esclareceram também uma dúvida muito comum em relação aos pelos – de que eles ficam mais grossos se raspados com lâmina. Quando a lâmina passa, ela corta o pelo no meio, que é uma parte mais grossa, o que faz com que ele cresça a partir daí. Ou seja, não é verdade que ele fica grosso, apenas cresce de um jeito diferente.

Quando retirado com cera ou laser, o pelo é destruído, demora mais para nascer e cresce mais fino porque o que aparece primeiro na pele é a ponta dele. O lado ruim é que esse pelo pode não conseguir romper a pele e encravar – por isso, a dica é intercalar os dois métodos de depilação.

Por último, as médicas falaram sobre a relação entre o chocolate e a espinha. Grande parte das pessoas acredita que a gordura do chocolate é a responsável pela acne , porém o açúcar é o grande vilão. Por isso, o chocolate não pode se responsabilizar sozinho por essas marcas desagradáveis na pele já que outros alimentos com açúcar também são causadores.



Beleza infantil

A repórter Daiana Garbin foi a um salão e descobriu que a idade não é um obstáculo para se interessar pela beleza. Muitas crianças, apesar da pouca idade, já começam a fazer a unha, tratar o cabelo e usar produtos que muitas vezes são destinados a adultos.

Porém, segundo o farmacêutico Emiro Khury, elas não estão preparadas fisiologicamente para alguns tipos de procedimentos. Por exemplo, tinturas e alisantes podem causar reações adversas até mesmo em adultos e não são recomendáveis para crianças, que têm a pele mais sensível. Ou seja, elas podem ter irritações na cabeça, feridas na pele e até queda de cabelo.

No caso dos esmaltes, é importante saber que existem os tipos específicos para uso infantil, que são à base de água e não têm substâncias como o formol e o fenol, que podem penetrar a unha e atingir a pele. O uso de produtos de adultos em crianças pode desenvolver alergias que elas não teriam se não fossem expostas a eles.

Os cuidados com os cosméticos devem ser grandes já que são vendidos sem orientação médica. A Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) alerta que os pais e responsáveis não devem comprar produtos de origem desconhecida e garante que há uma exigência de que as empresas que comercializam cosméticos infantis são submetidas a testes que confirmam a segurança e a proteção da saúde desse público.

Segundo o farmacêutico Emiro Khury, é difícil determinar uma idade para a pessoa começar a pintar ou alisar o cabelo porque cada um se desenvolve de um jeito. No entanto, é importante saber que antes dos 8 anos, nenhuma criança deve usar cosméticos de adultos.

Papo de verão

No episódio desta terça-feira (15) da série com o ginecologista José Bento, o alerta foi para a saúde da região íntima. Como já foi dito anteriormente pelo médico, é importante que essa parte do corpo esteja sempre seca para evitar o desequilíbrio e a proliferação de bactérias, que podem causar ardor e coceira.

Mas, muitas vezes, não dá para secar porque a pessoa esqueceu a toalha ou a sujou com areia. A dica do ginecologista então é usar o secador de cabelo - se colocado a mais ou menos dez centímetros de distância da região genital, ele tem a capacidade de secar a área e melhorar a flora bacteriana, mantendo-a em equilíbrio.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MUDANÇA
Com falhas constantes no sistema, Detran deverá ter nova prestadora de serviços
TRÁFICO
Polícia apreende carretas com droga estimada em 5 toneladas
MS
Paciente deverá receber atendimento domiciliar pelo SUS
CAMPO GRANDE
Justiça concede tutela antecipada para que Estado deixe de realizar obra no Parque dos Poderes
BRASIL
Parecer da previdência dos militares será apresentado em setembro
DOURADOS
Igreja forma nova turma de músicos e apresenta concerto
COSTA RICA
Polícia encontra armas na casa de empresário suspeito de violência doméstica
ALERTA
Saúde confirma casos de sarampo em mais 7 estados
SANGUE FRIO
MPF recorre de sentença que absolveu dois acusados em uma das ações
LOMBADAS
Detran-MS negocia dívida e pede rescisão de contrato com empresa de radares no Estado

Mais Lidas

BR-163
Pedaço de pneu na pista causou acidente com morte que envolveu quatro carretas
POLÍCIA
Travesti furta veículo e é presa em Dourados
CAARAPÓ
Colisão frontal entre carretas deixa um morto na BR-163
CAARAPÓ
Ferido em acidente com morte na BR-163 é transferido para Dourados