Menu
Busca quarta, 17 de julho de 2019
(67) 9860-3221

Dormir horas a mais ajuda a combater dores, diz estudo

03 dezembro 2012 - 10h24

Dormir quase duas horas a mais por noite pode melhorar drasticamente o estado de alerta de uma pessoa e reduzir a sensibilidade à dor. Segundo o jornal Daily Mail, pesquisadores disseram que dormir quase 10 horas por noite - em vez das oito horas recomendadas - é mais eficaz no tratamento de dores do que tomar codeína.

O estudo utilizou 18 pessoas, livres de dor, que dormiram oito horas por quatro noites e quase 10 por mais quatro noites. Pesquisadores constataram que quando dormiam mais ficavam mais alertas durante o dia. Além disso, tiveram menos sensibilidade à dor. Notou-se ainda que eles conseguiam ficar com o dedo em uma fonte de calor 25% mais tempo do que quando dormiram menos.

Dr. Timothy Roehrs, especialista em distúrbios do sono, disse que os resultados sugerem a importância de um sono adequado no tratamento de dor crônica. "Ficamos surpreendidos pela redução da sensibilidade à dor, comparada com a de tomar codeína."

Deixe seu Comentário

Leia Também

PRAZO
Tribunal Regional do Trabalho encerra inscrições para Programa de Estágio
CAMPO GRANDE
Três homens em veículo furtado são perseguidos e presos pela Polícia
EDUCAÇÃO
UEMS abre inscrições para Pós em Educação Científica e Matemática
REUNIÃO
Bolsonaro vai à Argentina para participar da cúpula do Mercosul
PARANHOS
"Braço direito" de narcotraficante preso é executado a tiros na fronteira
TEMPO
Quarta-feira de sol com algumas nuvens em Dourados, não chove
SHOWBIZZ
De biquíni em Paraty, Mariana Ximenes suspira: "Pode já querer voltar?"
CAPITAL
Esposa de defensor público é encontrada morta em residência
POLÍCIA
Vítima de tiro do pai, estudante presta depoimento e diz que vai embora
TJ/MS
Coordenadora da Mulher debate violência de gênero em Genebra

Mais Lidas

DOURADOS
Coordenadora de Ceim é exonerada e pais fazem abaixo-assinado para tentar mantê-la
POLÍCIA
Investigação vê indícios de relação entre homicídios no Jardim Pantanal e Guanabara
DOURADOS
Assassinado em conveniência já cumpriu pena por tráfico e lavagem de dinheiro
DOURADOS
Upiran entrega carta de demissão a Délia e aguarda substituto para deixar Educação