Menu
Busca terça, 19 de março de 2019
(67) 9860-3221

Deputados aprovam projeto que proíbe termômetros de mércurio

19 maio 2011 - 15h10

Os deputados estaduais de Mato Grosso do Sul aprovaram hoje, dia 19 de maio, o projeto de lei, de autoria do deputado Pedro Kemp, que proíbe a comercialização de termômetros de mercúrio em Mato Grosso do Sul. Pela norma, os estabelecimentos comerciais que oferecem o termômetro a base de mercúrio terão trinta dias para deixar de comercializar o produto, ficando sujeito à multa de 200 UFERMS, o que equivale a R$ 3.162,00. A penalidade será aplicada em dobro em caso de reincidência.

De acordo com o parlamentar, o mercúrio é um metal tóxico para os seres humanos e também altamente prejudicial ao meio ambiente, por isso a necessidade de proibir a venda. “Quando o aparelho se quebra, a substância é liberada junto com pequenas esferas metálicas contaminadas, que podem provocar, por exemplo, pneumonia. Em níveis maiores, pode haver danos ao sistema nervoso central e, uma vez inalado, não é eliminado pelo organismo”, explica.

A proposta também atende a uma mobilização nacional de entidades que pedem o fim do uso do mercúrio. “Por todo o país registram-se manifestações de entidades, solicitando a edição de normas que coíbam qualquer forma de utilização de mercúrio, é neste sentido que apresentamos a presente proposta”, justifica. Aprovada nesta quinta-feira em segunda votação, o projeto segue agora para sanção do governador André Puccinelli.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Noiva de Latino, Jéssica Rodrigues posa nua e fala do empoderamento feminino
AQUIDAUANA
Adolescente é trancada dentro de casa e estuprada por quatro homens
DOURADOS
Projeto Palco para Todos retoma aulas para alunos da Reme em abril
ALCÂNTARA
Acordo permite aos EUA lançar satélites a partir do Maranhão
CRIME AMBIENTAL
Campo-grandense é multado por transporte de 500 litros de agrotóxicos
MARÇO
Petrobras anuncia 7º reajuste no preço da gasolina nas refinarias
PRECAUÇÃO
Brasileira estuprada por policiais em prisão na Bolívia é transferida
SIGA/MS
Mais de 90% das lavouras de soja já foram colhidas no Estado
COXIM
Corpo de homem que morreu após colisão de barcos é encontrado
LEÃO
Receita Federal recebeu 3,8 milhões de declarações do IR em 11 dias

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Família que morreu em acidente na BR-060 seguia para missa de colação de grau
BR-060
Morre no hospital terceira vítima de acidente na Capital
NAVIRAÍ
Corpo de foragido do semiaberto é encontrado em terreno baldio
SIDROLÂNDIA
Acidente entre carro e caminhão mata duas mulheres na BR-060