Menu
Busca terça, 21 de maio de 2019
(67) 9860-3221
POLÍTICA

Deputado Marçal Filho pede ambulância para o distrito de Vila São Pedro

16 maio 2019 - 07h21Por Da Redação

O deputado estadual Marçal Filho pediu ao Governador Reinaldo Azambuja e ao secretário de saúde Geraldo Resende a aquisição de uma ambulância para o distrito de Vila São Pedro, em Dourados.

Porta de entrada da sede da cidade, às margens da rodovia BR-163, o distrito é conhecido por abrigar comércio de artesanato de produtos em madeira, sendo ponto de parada de turistas que passam por Dourados.

Os moradores procuraram Marçal Filho para reivindicar a ambulância e mostrar a dificuldade de as pessoas se deslocarem até Dourados quando necessitam de assistência à saúde, principalmente no período noturno.

São Pedro fica a aproximadamente 14 quilômetros da região central de Dourados. "É de fundamental importância uma ambulância para os moradores, já que muitos deles vivem do artesanato ou da renda do que cultivam em pequenas propriedades no campo", diz o deputado.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Comissão derruba portaria que limita acesso à mamografia no SUS
TRÊS LAGOAS
Polícia prende homem com R$ 9 mil em notas falsas
SAÚDE
Suspender a menstruação é realmente benéfico?
IMUNIZAÇÃO
Vacinação atingiu mais de 70% do público alvo em Dourados
DECOR
6 tendências de decoração dos anos 90
ÁGUA CLARA
Ação apreende quase meia tonelada de maconha e prende "batedor"
COPA AMÉRICA
Seleção começa a se apresentar na Granja Comary nesta quarta-feira
PROPOSTA
Corte de serviços essenciais nas vésperas de fins de semana e feriados pode ser proibido em MS
BRASIL
Encceja 2019 registra meio milhão de inscritos no primeiro dia
EDUCAÇÃO
IFMS prorroga prazo de inscrições para cursos técnicos a distância

Mais Lidas

ITAPORÃ
PM da reserva morre em acidente próximo a ponte do Rio Santa Maria
DOURADOS
Comissão vota contra o próprio parecer e Idenor se salva de cassação
EDUCAÇÃO
Inscrições do Encceja 2019 começam nesta segunda-feira
DOURADOS
Ex-líder da prefeita Délia Razuk é alvo de pedido de cassação