Menu
Busca segunda, 09 de dezembro de 2019
(67) 9860-3221
PORTO MURTINHO

Velório é interrompido e corpo de menina afogada recolhido para perícia

16 novembro 2019 - 14h42Por Da Redação

O velório da pequena Eloíza Daiane Ocampo Brito, de 1 ano e 2 meses, precisou ser interrompido na noite desta sexta-feira, dia 15 de novembro, pela Polícia Civil de Porto Murtinho, cidade localizada na região de fronteira com o Paraguai. A intervenção foi necessária para realização de perícia no corpo da menina, que teria morrido afogada ao cair em um balde para alimentar porcos, horas antes.

Ao site Campo Grande News, o delegado João Cleber Dorneles revelou que a remoção do corpo da vítima foi necessária devido a um equivoco por parte da equipe médica, que liberou o corpo a família da menina para realização do velório sem antes comunicar a polícia.

“Quando uma criança morre por motivo de acidente, violência ou afogamento, o hospital deve comunicar as autoridades. Mas, por algum equivoco no procedimento, acabaram passando por cima disso”, explicou.

Segundo Dorneles, a interrupção aconteceu por volta das 20h30 e o velório estava sendo realizado na casa da família da criança, localizada no bairro Salim Cafure Filho. “Explicamos aos pais e familiares e encaminhamos para perícia”, complementou o delegado.

Ainda de acordo com ele, o corpo foi encaminhado para Dourados, onde exames de necropsia serão realizados. Somente depois disso é que o velório de Eloíza deve ser retomado

O caso

O acidente ocorreu por volta das 16 horas de ontem. De acordo com o site da Rádio Alto Paraguay, a vasilha era destinada a alimentar porcos criados pela família onde a criança estava com a mãe. As duas são moradoras da região rural do município e estavam passando a semana na cidade.

As primeiras informações apontam que a mãe foi colocar outra criança para dormir dentro de casa, enquanto Eloíza teria ficado no quintal com a avó. Em determinado momento, a criança caiu no vasilhame. O Corpo de Bombeiros acredita que ela tenha ficado de 5 a 10 minutos sem respirar.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MEIO AMBIENTE
Universidades estudam como reduzir emissões de CO2 na atmosfera
MEIO AMBIENTE
Governo vai remunerar quem atua na conservação ambiental
CONCURSO
11 órgãos abrem inscrições para 1,4 mil vagas nesta segunda-feira
SUMIÇO
Família procura por homem que desapareceu na região de Taquarussu
MÚSICA
Festival em meio a 'reserva natural' acontece hoje em Dourados
FUTEBOL
Última rodada do Brasileirão 2019 será disputada neste domingo
ECONOMIA
Com a certeza de dinheiro na conta, servidor estadual faz planos com 13°
INTERNACIONAL
Pelo menos 43 pessoas morrem em incêndio em fábrica da Índia
AGEPAN
Portaria homologa tarifas de pedágio de ponte sobre o Rio Paraguai
DOURADOS
Inteligência da PM prende dois por tráfico no bairro Estrela Tovi

Mais Lidas

CAMPO GRANDE
Deputado perde Carteira de Habilitação ao cair em blitz da Lei Seca
RIBAS DO RIO PARDO
Casal aparece e relata que “sumiço” foi por contratempo com celular
POLÍTICA
Plenário do Senado pode votar o Pacote Anticrime ainda neste ano
Homem "furta" carro penhorado em "boca" e é perseguido por traficantes