Menu
Busca quinta, 21 de junho de 2018
(67) 9860-3221

Tráfico de drogas é um dos temas de encontro de juízes

13 dezembro 2012 - 15h45

Começou na manhã desta quinta-feira (13), no Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, em Campo Grande, o Fórum Nacional da Justiça Juvenil 2012. O evento reúne juízes do Brasil todo para debater leis e temas que envolvam a situação de menores infratores e também sobre medidas sócio-educativas. Um dos temas em debate é o envolvimento de adolescentes com tráficos, cada vez maior.

De acordo com o juiz titular da Vara da Infância e Juventude de Campo Grande, Roberto Ferreira Filho, essa é a primeira vez que Mato Grosso do Sul sedia o Fonajuv. Para ele, a realização do evento na Capital permite a participação de autoridades relacionadas à infância e juventude de outras áreas, como promotores de Justiça, defensores públicos.

O juiz destacou alguns temas interessantes e polêmicos que serão debatidos no Fórum entre hoje e amanhã, como “Tráfico e Medidas Cabíveis”, “Planos Nacionais e Estaduais de Atendimento Sócioeducativo”, “Garantias Processuais dos Adolescentes em Conflito com a Lei e o Papel do Juiz”.

O Fórum Nacional da Justiça Juvenil acontece quatro vezes ao ano e em diferentes capitais do Brasil. Esse ano, a primeira edição foi em Florianópolis (Santa Catarina), a segunda em João Pessoa (Paraíba), a terceira no Rio de Janeiro (Rio de Janeiro), e para encerrar 2012, a última edição é realizada em Campo Grande (Mato Grosso do Sul).


Para o presidente do Fonajuv, juiz Humberto Vasconcelos Júnior, de Pernambuco, o principal objetivo do evento é permitir a troca de experiências entre os representantes do poder judiciário.

“Hoje temos visões bem diferentes de quando começamos com o Fórum, em 2008. Uns sabem mais sobre determinado assunto, então, esse intercâmbio de informações nos faz crescer, é a união do judiciário”, explica Humberto.

Embora o objetivo central dos debates não seja de criar projetos de leis ou mudar a legislação, o juiz Humberto garante que do Fòrum saem enunciados que influenciam o tecido social e que pode interferir diretamente na Constituição. “As posições aqui tomadas podem chegar a alterar a lei”, afirma.

Os debates e palestras realizadas durante hoje e amanhã no Fórum Nacional da Justiça Juvenil pode ser acompanhado pela internet, através do site do TJ/MS, no endereço eletrônico www.tj.ms.gov.br.

Entrega de certificados – Na abertura do Fonajuv, na manhã de hoje, cinco adolescentes das Uneis (Unidade Educacional de Internação) de Campo Grande receberam o certificado de conclusão do Curso de Qualificação oferecido pelo Governo do Estado, em parceria com a Vara da Infância e Juventude. No total, 20 adolescentes concluíram o curso realizado no Senac, de 160 horas.

Para um dos adolescentes, que não pode ser identificado, o diploma tem um significado de vitória. “É a oportunidade que eu tenho de mudar de vida, de conseguir um trabalho bacana e ser uma pessoa melhor”, confirma o rapaz.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAUUUU!!
Esposa de Faustão ostenta corpão em viagem por Honduras
ECONOMIA
Caged: 33 mil novos empregos formais foram criados em abril
APROVEITAMENTO
Potencial para transformação de biomassa em energia é amplo em MS
PROCON
Pesquisa aponta variação de quase 40% no preço do diesel na Capital
EXÉRCITO
Prazo para alistamento militar termina em 30 de junho
BRASIL
Câmara aprova novo marco regulatório para transporte de cargas
LEILÃO
Com lances a partir de R$ 10 mil, governo leiloa oito terrenos amanhã
REDE ABEVÊ
Veja vídeo da entrega do carro 0km para ganhadora de promoção
INTERNACIONAL
Trump assina ordem para suspender separação de famílias de imigrantes
DOURADOS
UFGD seleciona empreendimentos para Incubadora de Tecnologias Sociais e Solidárias

Mais Lidas

MS-276
Acidente entre trator e caminhonete mata homem em Dourados
COMPLICAÇÃO APÓS CIRURGIA
Juiz aposentado e ex-diretor da Agepen, Ailton Stropa, morre em São Paulo
RESERVA INDÍGENA
Homem é flagrado nu sobre menina de 7 anos em Dourados
SÃO PAULO
Jovem desaparecido há duas semanas foi preso com 74 kg de cocaína