Menu
Busca sexta, 25 de maio de 2018
(67) 9860-3221
SEVILHA ODONTOLOGIA

TJ obriga Governo de MS fornecer remédio para perda de visão

09 junho 2011 - 09h44

Os desembargadores do Órgão Especial do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) decidiram, por unanimidade, que o Governo do Estado deve fornecer o medicamento 'lucentis' para o paciente F. D. R. A decisão foi tomada acatando mandado de segurança, com pedido de liminar.

O TJ derrubou ato do governador André Puccinelli (PMDB) e da Secretaria Estadual de Saúde, que negaram o fornecimento do medicamento. Lucentis é usado para o tratamento de degeneração macular (que resulta em uma perda de visão no centro do campo visual) relacionada à idade. F. D. R. teve constatada a patologia, e precisa usar o medicamento por, no mínimo, cinco meses, como forma de evitar o agravamento da doença.

Em consulta rápida na internet, cada dose de Lucentis, de 10 mg/ml, custa em torno de R$ 4,7 mil. O preço foi considerado alto pelos desembargadores, que determinaram que o Estado deve custear o tratamento de F. D. R., por ser o direito a saúde fundamental.

A Secretaria de Estado de Saúde apresentou informações e pediu a denegação da segurança ou, em caso de concessão, que fosse fixada a quantia exata de medicamento, com a obrigatoriedade de a paciente apresentar receituário atualizado trimestralmente.

Em seu voto, o Des. Joenildo de Sousa Chaves, relator do processo, lembrou que em suas decisões ele busca sempre um medicamento que atenda a necessidade apontada, com medicação de custo menor e mesma formulação.

“Neste caso, o medicamento foi prescrito por médico especialista na área, não havendo como fazer mais prova pericial. No mais, é assegurado ao cidadão desprovido de recurso financeiro uma prestação integral do serviço público de saúde. Assim, concedo a segurança”, votou ele.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZ
De topless, Bruna Marquezine deixa tatuagem a mostra em foto
11 PAÍSES
Festival América do Sul Pantanal movimenta Corumbá até domingo
JUSTIÇA
Empresa de TV por assinatura é condenada por cobrar valor indevido
COSTA RICA
Bombeiro salva bebê engasgado orientando a mãe através do telefone
FUTEBOL
Lista de 35 de Tite para a Copa tem três novatos: Dedé, Maicon e Paquetá
PRESO
OAB caça registro de ex-juiz condenado por tentar matar magistrado
CAMINHONEIROS
Greve faz TRT/MS adiar prova do processo seletivo de estagiários
CASO DOROTHY STANG
Ministro do STF manda soltar fazendeiro condenado em 2ª instância
BANDEIRA VERMELHA
Bandeira tarifária ficará no patamar mais alto em junho, diz Aneel
ECONOMIA
Parceria garante indústria de fertilizantes para Rio Brilhante

Mais Lidas

GASOLINA A R$ 5
Contra abuso nos preços, força-tarefa autua postos em Dourados
DOURADOS
Fazendeiro que matou desafeto em cartório há oito anos é absolvido
TENTATIVA DE HOMICÍDIO
Rixa antiga teria motivado atentado contra “zóio de gato”
DOURADOS
Grupo é flagrado marcando lotes durante invasão de área pública