Menu
Busca sexta, 13 de dezembro de 2019
(67) 9860-3221
ESPORTES

Tiro prático do Eco Pantanal Extremo bate recorde de inscrições

16 novembro 2019 - 11h46Por Da Redação

O tiro prático é o esporte estreante da sexta edição do Eco Pantanal Extremo – Jogos de Aventura, em Corumbá. Com 80 participantes confirmados, bateu o recorde de inscritos para um campeonato da modalidade na região Centro-Oeste. O evento na Capital do Pantanal é realizado pela Prefeitura Municipal de Corumbá.

O esporte, caracterizado pela utilização armas de fogo para a execução de exercícios típicos da competição em alvos de papel ou metal, acontece neste sábado (16.11), a partir das 8 horas, no Clube de Tiro Esportivo do Pantanal (CTEP). No Eco Pantanal Extremo, o tiro prático é conduzido pela Federação Sul-Mato-Grossense de Tiro Prático (FSMTP), filiada à Confederação Brasileira de Tiro Prático (CBTP).

As disputas acontecerão na classe IPSC, que leva o nome da entidade internacional que regulamenta as provas, a International Practical Shooting Confederation. A organização, desde a fundação, em 1976, deu início ao processo de padronização e divulgação das regras. Segundo o atleta, árbitro da CBTP e secretário do CTEP, Sérgio Carlos de Abreu, esta é a classe do tiro prático que mais cresceu nos últimos anos e tem mais atletas participantes. “Muito disso é por sua dinâmica, que permite a participação de pessoas jovens e idosas, além de pessoas com deficiência”.

Abreu conta que as pistas das provas são projetas pelos ranger officers (ROs), árbitros da modalidade. “Tudo foi feito com nível de segurança altíssimo. Para os alvos, são utilizados materiais de papel ou metal, e colocamos também alguns alvos móveis. Para dar uma dificultada, teremos rampas, túneis, o evento promete bastante novidades”. Ao todo, serão nove pistas e os competidores terão de passar por todas. Pontos são somados em cada uma, gerando o resultado final, que avalia precisão, potência e velocidade do atleta.

“Por ser um esporte muito dinâmico, cada pista terá um nível de dificuldade bem alto, mas que permite que todos passem com sucesso. O bacana é que todos podem fazer estratégias diferentes, não existe uma única obrigatória. Vai de cada um pra encontrar a melhor forma de finalizar a pista em menor tempo e com mais precisão. Isso é o que desafia a galera, dos mais novos aos mais velhos”, explica Abreu.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Condenada por morte de namorado, mulher que alegou roleta-russa é presa
RURAL
Meta da agropecuária é abastecer mercado interno, diz Tereza Cristina
CINEMA
Danny Aiello, ator de 'Faça a coisa certa', morre aos 86 anos nos EUA
SIDROLÂNDIA
Polícia apreende carga de 80 pneus de origem estrangeira na MS-162
ERRO
Governo torna sem efeito promulgação da Reforma da Previdência Estadual
RIO BRILHANTE
Homem que teria brigado com pedreiro antes de assassinato se apresenta
SAÚDE
Juiz determina que empresa volte a fornecer alimentação para o HU
CAPITAL
Homem morre ao passar mal após comer paçoca que ganhou de amigo
RIO DE JANEIRO
Ex-deputados Edson Albertassi e Paulo Melo são soltos por engano
RESORT
Morre menino vítima de queda de avião em resort no sul da Bahia

Mais Lidas

CAARAPÓ
Homem é assassinado a golpes de faca após discussão em bar
DOURADOS
Inteligência da PM prende dois por tráfico no bairro Estrela Tovi
GRANDE DOURADOS
Quadrilha especializada em roubo de caminhonetes é desarticulada e seis são presos
FURTO
Polícia recupera objetos e fecha ponto de receptação em Dourados