Menu
Busca terça, 18 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Subsecretaria da Mulher e Ejud lançam campanha de compromisso pela Lei Maria da Penha

07 dezembro 2012 - 17h45

A Subsecretaria da Mulher e da Promoção da Cidadania e a Escola Judicial de Mato Grosso do Sul (Ejud), através do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ-MS), realizaram na manhã de hoje (7), na Assebleia Legislativa, o lançamento da campanha “Compromisso e Atitude pela Lei Maria da Penha- a Lei é mais forte”.



O evento, que faz parte do cronograma da campanha internacional “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra a Mulher”, é o quarto lançamento regional em que Mato Grosso do Sul representa a região Centro-Oeste numa série de lançamentos regionais que acontecem desde o final de agosto, quando o Espírito Santo (ES) recebeu a campanha. Em novembro foi a vez do Nordeste, através do Estado de Alagoas e do Norte, com ações no Pará. No próximo dia 14, será a vez do Paraná, representando a região Sul. De acordo com a diretora de Enfrentamento à Violência contra a Mulher da Secretaria de Políticas para Mulheres da Presidência da República, Ana Teresa Iamarino, todos os Estados fazem parte da campanha, mas alguns foram escolhidos para o lançamento. “Fizemos uma avaliação com base no mapa da violência para definir os Estados”, explicou.



Segundo a titular da Subsecretaria da Mulher e da Promoção da Cidadania, Tai Loschi, o objetivo da campanha é mobilizar e sensibilizar os operadores do direito e a sociedade em geral para a compreensão do movimento e a importância do enfrentamento à violência doméstica contra as mulheres. “Com a campanha buscamos fortalecer a Lei Maria da Penha, agilizar os processos, não deixar que eles prescrevam, fazer com que os agressores cumpram a pena ao todo, enfim, fortalecer a rede de enfrentamento à violência”, concluiu Tai.



Após a abertura do evento, Ana Teresa Iamarino realizou a palestra “Polítcias Públicas: mecanismos para defesa e reconstrução”. A tarde, a juíza auxiliar da Comissão de Acesso à Justiça e Cidadania do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) apresenta “Atuação do CNJ para aplicação da lei Maria da Penha”.



O lançamento da campanha é parte do Curso de Aperfeiçoamento para Fins de Atualização, Vitaliciamento, Promoção e Acesso dos Magistrados de Mato Grosso do Sul. “A campanha trata do enfrentamento à violência como um todo, nela está inserida sociedade e profissionais da rede, com o curso buscamos capacitar ainda mais e aperfeiçoar também os homens e mulheres que lidam com os agressores, porque se o agressor não for bem trabalhado, de nada adiantará a penalização”, explicou o desembargador Ruy Celso Florence, titular da Coordenadoria da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar e diretor geral da Ejud.







Compareceram ao evento a deputada estadual Mara Caseiro; o desembargador, Hidelbrando Coelho Neto; o superintendente da Secretaria de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), André Gonçalves; o desembargador, Ney de Freitas; a conselheira Nacional do Ministério Público (CNMP), Maria Ester Tavares; a subsecretaria da Mulher, Tai Loschi; a delegada, Roseli Molina e a titular da Coordenadoria de Políticas para Promoção da Igualdade Racial, Raimunda de Brito.




A Campanha “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra Mulher” acontece em 159 países e tem quatro datas-marco: 25 de novembro – Dia Internacional da Não-Violência contra as Mulheres; 1º de Dezembro – Dia Mundial de Combate à Aids; 6 de Dezembro – Homens pelo Fim da Violência contra a Mulher, Campanha Laço Branco e 10 de dezembro – Dia Internacional dos Direitos Humanos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EM PONTA PORÃ
"Guerra d’água" acontece domingo e terça-feira de carnaval na fronteira
DOURADOS
Geraldo garante asfalto e drenagem para o Parque dos Jequitibás
CAPITAL
Motorista se apresenta e confessa que matou vizinho por som alto
ECONOMIA
Dólar volta a bater R$ 4,35 e tem novo recorde de fechamento
FUTEBOL
Pia Sundhage convoca Seleção Feminina para disputa do Torneio França
CONTRABANDO
DOF realiza em Dourados maior apreensão de narguilé do ano
IRREGULARIDADES
MPMS recomenda à Assomasul que se abstenha de realizar pagamentos
DOURADOS
Policial aposentado mata homem e diz ter sido ameaçado com faca
POLÍTICA
Lava Jato denuncia Jucá e Raupp por corrupção e lavagem de dinheiro
DOURADOS
Aprovados em concurso em 2016 são convocados

Mais Lidas

DOURADOS
Ferido com tiro no peito, entregador chega pilotando moto na UPA
DOURADOS
Líderes de motim que causou estragos na Unei são levados à delegacia
DOURADOS
VÍDEO: Internos 'batem grade' e queimam colchões em princípio de rebelião na Unei
FRONTEIRA
Festa termina com aniversariante e convidado assassinados por pistoleiros