Menu
Busca quinta, 23 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221
PEDRO JUAN

Segurança de boate que matou cliente com tiro na cabeça é preso

21 julho 2019 - 11h04Por Da redação

Foi preso neste sábado, dia 20 de julho, Dorival Mendonça Arguelho de 48 anos, o segurança acusado de matar com um tiro na cabeça, Oscar Julian de 29 anos, em frente a uma boate em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia que faz fronteira com Ponta Porã, em Mato Grosso do Sul.

A polícia estava cumprindo mandados quando encontrou com Dorival, descobrindo que ele estava com mandado de prisão em aberto, depois de matar a tiros Oscar em frente a uma boate, no dia 14 de julho, segundo o site ABC Color.

No dia do crime, o casal estava em frente a uma casa noturna por volta das 5h30 da manhã, quando foi ferido a tiros pelo segurança do estabelecimento. A primeira versão dada para o crime foi de que o casal estava tentando entrar à força na boate, e por isso, os disparos que acertaram a cabeça da vítima e outro tiro já quando o homem estava caído no chão, o que acabou acertando de raspão a brasileira que estava com ele, Jucirley Rodriguez de 34 anos.

A outra versão dada para o crime contradiz o que foi dito primeiramente. Imagens de câmeras de segurança mostram, o casal tentando levantar uma motocicleta caída no chão quando o segurança efetua os disparos. O paraguaio Oscar Julian de 29 anos foi levado para o hospital, mas teve morte cerebral. A mulher foi atendida e liberada em seguida.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EVENTO
Turismo do MS é apresentado ao mercado norte-americano
BRASIL
STJ definirá se transportador pode perder veículo em razão do transporte, por terceiro, de mercadoria sujeita à mesma pena
BRASIL
Governo aguarda ajuste do TCU para contratar militares da reserva
MS
Viciados levam polícia até boca de fumo repleta de objetos roubados
BRASIL
Ministério da Saúde descarta caso de Coronavírus no país
DOURADOS
Clube de tiro promove show de comédia de nível nacional pelo segundo mês consecutivo
JANEIRO
Em média, uma pessoa contraiu dengue a cada dois dias em Dourados
STF
Fux extingue processo em que Suzane Richthofen buscava suspender publicação de biografia não autorizada
ESTADO
Mãe será indenizada após esperar liberação do corpo da filha por oito meses
ECONOMIA
Consumidores brasileiros esperam inflação de 5% nos próximos 12 meses

Mais Lidas

UFGD
Aluna branca aprovada em Medicina como indígena aponta engano na inscrição
VILA ROSA
Homem morre após ser atingido por facada no pescoço em bairro de Dourados
EMPREGO
Empresa abre 136 vagas para classificadores de grãos em Dourados e região
CRIME
EXCLUSIVO: Sucessor de Minotauro é trazido para Dourados em meio a crise penitenciária na fronteira