Menu
Busca domingo, 25 de agosto de 2019
(67) 9860-3221
POLÍTICA

Ricardo Ayache assume o comando do PSB em Mato Grosso do Sul

25 maio 2019 - 09h38Por Da redação

De volta ao PSB (Partido Socialista Brasileiro), o médico cardiologista Ricardo Ayache assume a presidência do partido em Mato Grosso do Sul. O ato de filiação ocorreu na última quinta-feira, dia 23 de maio, na sede do partido, em Brasília, e contou com a presença do presidente nacional, Carlos Siqueira, do coordenador nacional do MPS (Movimento Popular Socialista do PSB), Acilino Ribeiro, e da secretaria geral da Contag (Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura), Thaisa Daiane, que assume a secretaria da sigla no Estado. 

Ayache retorna ao PSB com o objetivo de reorganizar e fortalecer o partido que conta com 4 prefeitos, 61 vereadores e 3 vice-prefeitos eleitos em Mato Grosso do Sul. “Assumimos o comando do partido com grande entusiasmo e enorme responsabilidade de estabelecer o diálogo permanente com os filiados, prefeitos, vice-prefeitos e vereadores para fortalecer o PSB para 2020 e 2022, mas, sobretudo, colocar o partido em contato direto com a população do nosso Estado. E assim, construir soluções que melhorem a vida das pessoas, gerando empregos, melhorando a saúde, a segurança, o acesso à moradia, incentivando o desenvolvimento com propostas que melhorem a educação e a vida de todos”, afirma Ricardo Ayache. 

Completam a executiva estadual do partido, Aluísio São José, vice-presidente; Jose Ancelmo dos Santos, 1° vice-presidente; Thaísa Daiane, Secretária geral e Adelaido Luiz Espinosa, 1º Secretário. 

“Temos a certeza de que o Ricardo Ayache e os outros integrantes da executiva tem total capacidade de fazer o PSB crescer em Mato Grosso do Sul, antenado com os anseios da população e fortalecendo as bases humanitárias do nosso partido", explica Carlos Siqueira, presidente nacional da sigla. 

O Coordenador Nacional do Movimento Popular Socialista, Acilino Ribeiro, também chama a atenção para o trabalho de organização e para o fortalecimento do diálogo com a população. “Ayache e outras lideranças, como a Thaísa, chegam para fortalecer o PSB no Estado. Em um primeiro momento, o trabalho será no sentido de organizar o partido nos 79 municípios; depois, é preciso fortificar a inserção e a participação de diversos segmentos sociais, o que é fundamental para pensarmos o fortalecimento do PSB nas eleições de 2020. E o diretório nacional dará todo apoio à executiva estadual nesse trabalho, como sempre fez”, explica.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSOS
Fani Pacheco ousa em ensaio e faz post reflexivo: "Não perca seu Norte"
CAMPO GRANDE
Homem é preso após fazer gestante refém e ameaçar policiais
FUTEBOL DE BASE
Semifinais do Estadual Sub-17 começam neste fim de semana
NOVA ANDRADINA
Cinco são presos pela PM durante ações ostensivas
CLIMA
Especialista diz que MS terá chuva significativa apenas em setembro
CRIME AMBIENTAL
Usina é multada em mais de R$ 270 mil por incêndio em canavial
PREVENÇÃO
Sala integrada para controle e combate de incêndios é criada em MS
BRASIL
Encceja: candidatos com dificuldade de acesso podem ligar para 0800
BRASILEIRÃO
Bahia bate Galo em Minas na abertura da 16ª rodada
MOVIMENTO
Manifestantes vão à Praça Antônio João em ato contra queimadas

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher tem dedo amputado após empilhadeira a atingir enquanto fazia compras
DOURADOS
Após “falsa corrida”, motorista de aplicativo tem carro levado por bandido que se envolve em acidente e é preso
HOSPITAL DA VIDA
Órgãos de jovem que morreu em acidente são captados e levados para quatro cidades
POLÍCIA
Mulheres são presas por tráfico em Dourados