Menu
Busca terça, 18 de junho de 2019
(67) 9860-3221
POLÍTICA

Ricardo Ayache assume o comando do PSB em Mato Grosso do Sul

25 maio 2019 - 09h38Por Da redação

De volta ao PSB (Partido Socialista Brasileiro), o médico cardiologista Ricardo Ayache assume a presidência do partido em Mato Grosso do Sul. O ato de filiação ocorreu na última quinta-feira, dia 23 de maio, na sede do partido, em Brasília, e contou com a presença do presidente nacional, Carlos Siqueira, do coordenador nacional do MPS (Movimento Popular Socialista do PSB), Acilino Ribeiro, e da secretaria geral da Contag (Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura), Thaisa Daiane, que assume a secretaria da sigla no Estado. 

Ayache retorna ao PSB com o objetivo de reorganizar e fortalecer o partido que conta com 4 prefeitos, 61 vereadores e 3 vice-prefeitos eleitos em Mato Grosso do Sul. “Assumimos o comando do partido com grande entusiasmo e enorme responsabilidade de estabelecer o diálogo permanente com os filiados, prefeitos, vice-prefeitos e vereadores para fortalecer o PSB para 2020 e 2022, mas, sobretudo, colocar o partido em contato direto com a população do nosso Estado. E assim, construir soluções que melhorem a vida das pessoas, gerando empregos, melhorando a saúde, a segurança, o acesso à moradia, incentivando o desenvolvimento com propostas que melhorem a educação e a vida de todos”, afirma Ricardo Ayache. 

Completam a executiva estadual do partido, Aluísio São José, vice-presidente; Jose Ancelmo dos Santos, 1° vice-presidente; Thaísa Daiane, Secretária geral e Adelaido Luiz Espinosa, 1º Secretário. 

“Temos a certeza de que o Ricardo Ayache e os outros integrantes da executiva tem total capacidade de fazer o PSB crescer em Mato Grosso do Sul, antenado com os anseios da população e fortalecendo as bases humanitárias do nosso partido", explica Carlos Siqueira, presidente nacional da sigla. 

O Coordenador Nacional do Movimento Popular Socialista, Acilino Ribeiro, também chama a atenção para o trabalho de organização e para o fortalecimento do diálogo com a população. “Ayache e outras lideranças, como a Thaísa, chegam para fortalecer o PSB no Estado. Em um primeiro momento, o trabalho será no sentido de organizar o partido nos 79 municípios; depois, é preciso fortificar a inserção e a participação de diversos segmentos sociais, o que é fundamental para pensarmos o fortalecimento do PSB nas eleições de 2020. E o diretório nacional dará todo apoio à executiva estadual nesse trabalho, como sempre fez”, explica.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZZ
Em cenário paradisíaco, Letícia Lima brinca: "estou insuportável"
CAMPO GRANDE
Mãe procura rapaz de 21 anos que desapareceu no último sábado
UEMS
Estão abertas as inscrições para o Programa de Mobilidade Nacional
JUSTIÇA
Homem é condenado por esfaquear mulher e terá que pagar R$ 8 mil
TRÂNSITO
Mais de 233 mil veículos devem passar pela BR-163 no feriado
POLÍTICA
Cinco partidos de oposição anuncia obstrução à reforma da Previdência
DIA 24
Luiza Brunet será empossada embaixadora do Mãos EmPENHAdas
RURAL
Plano Safra terá R$ 225,59 bilhões em créditos para agricultores
CAMPO GRANDE
Mulher vai ao salão de beleza e quando sai encontra veículo incendiado
POLÍTICA
Senado aprova parecer que pede suspensão dos decretos das armas

Mais Lidas

AQUIDAUANA
Douradense desaparece nas águas do rio Aquidauana durante banho
PARAGUAI
Motim termina com 10 mortos e presos queimados e decapitados
DOURADOS
Perseguição na Coronel Ponciano termina com homem preso e apreensão de mais de 700kg de maconha
MASSACRE EM SAN PEDRO
Ministro paraguaio promete expulsar membros do PCC após motim com 10 mortos