Menu
Busca Terça, 16 de Janeiro de 2018
(67) 9860-3221
Corpal - Dezembro 2017

Procon discute o cumprimento da velocidade da internet banda larga

01 Dezembro 2012 - 11h45

O superintendente do Procon de Mato Grosso do Sul, Alexandre Rezende, esteve reunido esta semana em Brasília com representantes de mais de 60 Procons do Brasil. A associação de procons do Brasil se reúne uma vez por mês com o objetivo de discutir assuntos de interesse do setor e debater as formas de realizar encaminhamos de maneira uniforme para que desta forma, em qualquer lugar do país, os procedimentos nos atendimentos sejam os mesmos.



Um dos temas discutidos foi a questão da velocidade da internet banda larga. Atualmente as empresas que prestam este tipo de serviço cumprem apenas 10% da velocidade dos pacotes que oferecem. Por isso, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) criou um regulamento que está em vigor desde de novembro, que determina às empresas oferecer a velocidade instante mínima de 20% da contratada e a média de 60%. O termo ainda prevê que até novembro de 2014 esta média deverá ser de 40% para velocidade instantânea e 80% para a média.



O regulamento ainda prevê que os consumidores que sentirem que não estão recebendo a velocidade estimada deverão preencher uma ficha que está disponível no site da Anatel e receberão gratuitamente um equipamento que mede a velocidade da internet. Caso for constatado que a velocidade não é a adequada, as empresas serão multadas.



Entretanto, a Associação de Procons do Brasil é contra está regulamentação, pois acredita que o consumidor tem o direito de receber pela velocidade que paga e, caso a instituição não tiver condições de oferecer o serviço, o consumidor tem o direito de ter conhecimento da velocidade exata que irá receber. “O Procon acredita que o consumidor tem o direito de receber a velocidade que paga. É inadmissível receber a qualidade menor e pagar por uma maior. É a mesma coisa de pagar por uma carne de primeira e pegar uma de segunda. Isso afronta o direito do consumidor”, enfatiza Alexandre.





O superintendente do Estado reforça que o consumidor que se sentir lesado pode recorrer à instituição para que seja aberto um procedimento administrativo e, se comprovado que o consumidor está sendo prejudicado, ele terá o direito de cancelar o contrato sem pagar multa e reivindicar o ressarcimento.



Outro assunto discutido no encontro nacional foi a abusividade de cobrança das tarifas bancárias. Mesmo com a resolução do Banco Central que permite a cobrança, os Procons entendem que essa taxa é indevida, pois se trata de um ônus que não deve ser transmitido para o consumidor pelo fato de fazer parte do serviço. “Este tipo de cobrança é ilegal, e os bancos que insistirem serão multados. Se comprovada a cobrança, os bancos deverão ressarcir o cliente em até o dobro do valor cobrado”, reforça o superintendente do Procon, Alexandre Rezende.



O superintendente alerta aos consumidores para tomarem cuidado na escolha do banco, principalmente com as taxas. “Ao escolher o banco, o consumidor deve ter o cuidado de fazer uma pesquisa sobre as taxas cobradas, e porcentagem de juros do banco. A minha dica é pesquisar pelo site do Procon a relação das cobranças de taxa de todos os bancos da Capital, pelo link Star”, orienta Alexandre Rezende.



Na ocasião ficou definido ainda que Mato Grosso do Sul sediará o II Congresso Nacional dos Procons, em 2013. A decisão veio por meio de eleição na qual o Estado disputava com os Estados de São Paulo e Espírito Santo. A data do evento ainda não foi definida.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Rapaz é sequestrado enquanto esperava esposa em frente a hospital
RURAL
Agricultura familiar marcará precensa na edição 2018 da Showtec
PRAZO
Inscrições ao concurso para Promotor de Justiça Substituto vão até fevereiro
FUTEBOL
Federação muda estréa do Sete de Setembro para o estádio Douradão
SHOWBIZ
Cauã Reymond e Mariana Goldfarb não dividem mais o mesmo teto
ÁGUA CLARA
Acidente entre caminhão e micro-ônibus deixa dois feridos na BR-262
AGENDA
Governadora Rose participa da passagem de comando dos Bombeiros
BOATE
Jovem diz ter sido ameaçado com arma na boca por policial federal
JUSTIÇA
TJ/MS nega recurso a condenado por estupro de vulnerável
EDUCAÇÃO
UFGD oferece cursos gratuitos de informática em bairros de Dourados

Mais Lidas

TRÊS LAGOAS
Mulher é morta pelo marido com tiro nas costas na frente da filha
OUSADIA
Polícia e agentes abatem drone que sobrevoava penitenciária em Dourados
POLÍCIA
Operações da Polícia Militar levam 29 pessoas às delegacias de Dourados
ARAL MOREIRA
Jovem de 21 anos é assassinado com tiros de escopeta na fronteira