Menu
Busca domingo, 16 de junho de 2019
(67) 9860-3221
REGIÃO

PRF apreende 30 kg de cocaína que seria levada para Bauru

09 novembro 2017 - 12h07Por Da redação

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), apreendeu na tarde de ontem (08), na BR-262, em Três Lagoas mais de 30 kg de cocaína. Durante Operação Égide-Fronteiras, policiais rodoviários federais deram ordem de parada ao veículo VW/Saveiro 1.6 com placas de Campo Grande.

O motorista, de 43 anos, logo informou que estava transportando entorpecente indicando o local do esconderijo. A equipe encontrou 30 tabletes de cocaína, que somaram 32,3 kg da droga.

O condutor disse ainda que levaria a droga da fronteira com o Paraguai até a cidade de Bauru (SP), e lá receberia pelo tráfico. Com ele foram apreendidos também um celular e a quantia de R$ 1.300.

O condutor foi preso em flagrante pelo crime de Tráfico de drogas, e encaminhado com o entorpecente e o carro à Delegacia da Polícia Federal de Três Lagoas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 125 milhões na quarta-feira
TEMPO
Domingo será claro com névoa seca em Mato Grosso do Sul
FAMOSOS
Munik Nunes posa de body de renda e fãs falam de abuso de photoshop
ECOLOGIA
Número de turistas internacionais em Mato Grosso do Sul cresce 14% em 2018
FUTEBOL
Com triunfo sobre a Bolívia, Brasil chega à 100ª vitória na Copa América
ANASTÁCIO
Policial desconfia de negociação de jet ski e dupa é presa com arma e mais de R$ 13 mil
MUNDO
Hong Kong recua sobre lei que permite extradições para China
CAMPO GRANDE
Homem é assassinado por ex-marido da mulher durante encontro
MALHAÇÃO
Cleber e Anjinha se estranham e namoro fica ameaçado: 'Eu vou desistir'
ASSEMBLEIA
Escola Bilíngue para Surdos passa pela CCJR e segue a plenário

Mais Lidas

POLÊMICA
Dono da Havan manda “recado” a manifestantes após protesto em frente a loja de Dourados
DOURADOS
Jovem é preso com arma de fogo após disparar e errar tiros contra desafeto da mãe
CARUMBÉ
Morto em colisão frontal contra caminhão tinha 58 anos
DOURADOS
Polícia suspeita que grupo tenha assassinado tio e sobrinho na aldeia