Menu
Busca quarta, 29 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221
ITAPORÃ

Posto para cadastramento biométrico de eleitores não funcionará no feriadão

09 outubro 2019 - 15h50Por Da Redação

A central de atendimento eleitoral instalada em Itaporã, não estará atendendo ao longo do feriado prolongado. Segundo Naireli Nunes, técnica judiciária do TRE/MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul), o atendimento retornará na próxima segunda-feira (14).

Com o ponto facultativo referente ao dia do servidor público antecipado para amanhã, a central só realizou as atualizações até esta quarta (9/10).

O cadastramento biométrico em Itaporã acontece até o dia 25 de outubro entre as 8h e 14h, no posto instalado na Rua Duque de Caxias nº 205, esquina com a Rua Fernando Correa da Costa, em frente à prefeitura.

Nairele Nunes salienta que após o dia 25 de outubro, os eleitores de Itaporã deverão procurar o Cartório Eleitoral de Dourados, para regularizarem sua situação eleitoral. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Jovem de 23 anos morre em acidente de motocicleta em Campo Grande
SAÚDE
Ministério da Agricultura identifica mais 10 lotes de cerveja contaminada
CAMPO GRANDE
Após 4 horas, suspeito de roubar caminhonete é preso em matagal
ESPORTE
Corrida de rua abre inscrições para prova com percurso de 30 km
CHAPADÃO DO SUL
Suspeita de matar menina de 13 anos é transferida para Capital
ECONOMIA
Dispensa de alvará beneficiará 10,3 milhões de empresas de baixo risco
CHAPADÃO DO SUL
Homem é preso com pornografia infantil, paga fiança e é solto
DOURADOS
Matrículas dos veteranos da UFGD começarão na próxima sexta-feira
TRÊS LAGOAS
Homem furta celular, pede R$ 50 para devolver e acaba preso
ALERTA
Brasil monitora casos suspeitos de coronavírus em MG, RS e PR

Mais Lidas

VÍDEO
Ventania derruba árvores e destelha casas na região sul de Dourados
DOURADOS
Mulher deixa carro com chave na ignição e tem surpresa 15 horas depois
REGIÃO
Condutor de caminhonete é preso após atingir sete veículos estacionados
JARDIM FLÓRIDA
Homem é preso acusado de 'passar a mão' em menina de 11 anos