Menu
Busca sexta, 21 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221
AGRONEGÓCIO

Portaria do Imasul estende proibição às queimadas de profilaxia na lavoura

13 setembro 2019 - 14h05Por Governo de MS

O diretor-presidente do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul), André Borges, publicou a portaria 721 no Diário Oficial desta sexta-feira (13) em que estende a proibição de queimadas controladas também para as ações chamadas de profilaxia da lavoura (em palhadas de cana pós colheita, restos de florestas plantadas, sapecagem de troncos e até queima de restos de culturas com pragas).

A medida reforça os cuidados que o Estado está tendo para combater e controlar os focos de incêndio que já destruíram mais de 1 milhão de hectares de vegetação e levou o governador Reinaldo Azambuja a decretar Situação de Emergência em vários municípios por 180 dias.

Licenças suspensas

A queimada controlada de pastagens já é proibida em Mato Grosso do Sul desde 2014, através da Portaria Conjunta Semac-Ibama 01, que estabelece o “cessar fogo” no período de 1° de agosto a 30 de setembro para todo Estado, estendendo até 31 de outubro na região do Pantanal. Porém, a mesma portaria trazia exceções para a queima de canaviais, palhada e restos de florestas plantadas.

“O que estamos fazendo agora é ampliando o efeito da medida para essas exceções”, explica Borges.

A nova portaria também suspende os efeitos das licenças ambientais que tiverem sido emitidas para essas modalidades de queima controlada, até 30 de setembro. E justifica citando “os graves riscos ambientais referentes à perda de controle do fogo em decorrência das condições climáticas extremas vinculadas à combinação de fatores, como temperaturas acima de 30 graus celcius, ventos acima de 30 km/h de velocidade e umidade relativa do ar abaixo de 30%”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BATAYPORÃ
Chuva de 90 milímetros coloca cidade de MS em situação de emergência
FOLGA
Bolsonaro passa o carnaval em unidade do Exército no Guarujá
CAPITAL
Major da PM que matou ex-namorado foi agredida e ficou em cárcere
ECONOMIA
Projeto Maracujá Agroecológico começa a dar resultado a produtores
PONTA PORÃ
Homem tenta agarrar atendente e é preso por importunação sexual
EDUCAÇÃO
UEMS publica terceira Chamada da Lista de Espera do Sisu
COXIM
Investigado por estuprar crianças, idoso usava presentes para atrair vítimas
FUTEBOL
MP libera estádio de Maracaju, mas com limite de até mil torcedores
ERRO
Motociclista executado na Capital pode ter morrido por engano
CARNAVAL
Sete escolas abrem nesta sexta desfile do Grupo Especial de São Paulo

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher ameaça se jogar de torre no Jardim Guaicurus
DOURADOS
Júri termina com réu condenado a 15 anos por matar desafeto em 2018
DOURADOS
Fechamento e promoções levam multidão a fazer fila em hipermercado
DOURADOS
Polícia vai ao Guaicurus e prende condenado por pedofilia