Menu
Busca sábado, 24 de agosto de 2019
(67) 9860-3221

Por inadimplência com o Itaprev e INSS,Itaporã pode perder recursos federais

05 janeiro 2013 - 10h45





A situação financeira da prefeitura de Itaporã tem sido motivo de muita preocupação para o novo prefeito, Wallas Milfont (PDT). O motivo é às inúmeras dívidas herdadas da administração passada, que, segundo o prefeito, podem prejudicar o planejamento inicial de trabalho da nova gestão e inviabilizar a execução de obras em setores fundamentais para a melhoria da vida da população, como na saúde, infraestrutura, esporte e lazer e habitação.

Conforme o novo gerente municipal de Planejamento e Finanças, Márcio Rosales, a prefeitura de Itaporã corre até mesmo o risco de perder recursos federais, destinados através de emendas parlamentares para a execução de obras, por estar inadimplente em diversos setores. Segundo Rosales, uma das situações mais preocupantes está relacionada à construção do novo terminal rodoviário de Itaporã. Isto porque, no momento, o município está impedido de receber os R$ 800 mil, alocados pelo Ministério do Turismo, em virtude da inadimplência e irregularidades nos repasses mensais do Itaprev (Fundo Municipal de Previdência Social de Itaporã) e ao INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social).

O gerente explica que no final do ano passado a antiga administração conseguiu a autorização da Câmara de Vereadores para fazer o parcelamento dos valores não repassados pelo município ao Itaprev. No entanto, a prefeitura não efetuou o pagamento do parcelamento até o dia 31 de dezembro, fato que colocou Itaporã na lista de inadimplência do governo federal e impede o município de receber o recurso para construção do terminal rodoviário, enquanto a irregularidade não for sanada.

Segundo Rosales, logo após ter conhecimento do problema, a atual administração passou a tomar todas as medidas cabíveis junto aos órgãos competentes e espera regularizar a situação nos próximos dias e dar aptidão ao município para receber os recursos.

MEDIDAS

Diante da situação financeira e administrativa em que assumiu a Prefeitura de Itaporã, o prefeito Wallas Milfont (PDT) baixou decreto determinando um amplo levantamento das finanças municipais. O decreto foi publicado na edição de terça-feira (2) do Diário Oficial do Município.

Conforme Wallas, o diagnóstico se tornou necessário para que a nova administração municipal possa tomar conhecimento sobre a situação financeira do município, incluindo as obrigações a pagar, a conferência dos bens que compõem o patrimônio público e a análise apurada da folha de pagamento. Após esse trabalho, o município vai elaborar relatórios para encaminhar ao TCE (Tribunal de Contas do Estado).

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVA ANDRADINA
Cinco são presos pela PM durante ações ostensivas
CLIMA
Especialista diz que MS terá chuva significativa apenas em setembro
CRIME AMBIENTAL
Usina é multada em mais de R$ 270 mil por incêndio em canavial
PREVENÇÃO
Sala integrada para controle e combate de incêndios é criada em MS
BRASIL
Encceja: candidatos com dificuldade de acesso podem ligar para 0800
BRASILEIRÃO
Bahia bate Galo em Minas na abertura da 16ª rodada
MOVIMENTO
Manifestantes vão à Praça Antônio João em ato contra queimadas
DOURADOS
Arraiá da Uems segue hoje na Praça Antônio João
PARQUE DOS JEQUITIBÁS
Homem é flagrado pela Guarda com cachimbo, crack e cocaína
JARDIM CARIOCA
Polícia identifica e prende acusado de atacar mulheres em bairro da Capital

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher tem dedo amputado após empilhadeira a atingir enquanto fazia compras
DOURADOS
VÍDEO: Guarda agride rapaz em abordagem na UPA e corregedoria abre inquérito para apuração
VALE QUANTO?
Peritos imobiliários avaliam Douradão para venda ou aluguel a pedido da prefeitura
VIOLÊNCIA
Bandidos encapuzados invadem casa no Santo André e agridem idoso a coronhadas