Menu
Busca quinta, 23 de maio de 2019
(67) 9860-3221

PMA e PM de Corumbá autuam homem que criava sucuri de dois metros

17 dezembro 2012 - 16h30

Policiais Militares Ambientais e da Polícia Militar do 6º Batalhão de Corumbá (MS) receberam denúncias de que um homem mantinha um animal da espécie “sucuri” em cativeiro. Os policiais deslocaram-se, no início da tarde de hoje, até uma pousada à margem da baía do Tamengo, na confluência com o rio Paraguai e encontraram a serpente amarrada próxima à cabeça. No momento da chegada das equipes, não havia ninguém no local, porém, em seguida, apresentou-se o caseiro da pousada assumindo a captura do animal.

A serpente, que media dois metros foi apreendida e o infrator recebeu multa de R$ 500,00. Ele também foi conduzido, juntamente a cobra apreendida, à delegacia de polícia civil de Corumbá e responderá por crime ambiental. Se condenado, poderá pegar pena de seis meses a um ano de detenção. O animal passará por exames veterinários e será devolvido ao habitat natural.

Deixe seu Comentário

Leia Também

RIBAS DO RIO PARDO
Homem é preso e confessa que estuprava a sobrinha de 9 anos
SELEÇÃO
Marinha abre concurso para 90 vagas para o Corpo Auxiliar de Praças
JUSTIÇA
Integrante do PCC é condenado a 15 anos por esquartejar rival
DEMANDAS
Comitê da Saúde do Judiciário realiza segunda reunião em Dourados
MS
Jovem é flagrado com 4kg de pasta base em “mocó” de veículo
EDUCAÇÃO
ProUni abre inscrições no dia 11 de junho para bolsas no 2º semestre
CAPITAL
Durante corrida, motorista de aplicativo tenta estuprar passageira
ECONOMIA
Dólar fecha em alta, de olho no exterior
CAMPANHA
Grupo ABV faz entrega de agasalhos em bairros de Dourados
SEGURANÇA PÚBLICA
Parlamentares vêm a Dourados conhecer o Sisfron

Mais Lidas

POLÍCIA
Após pescaria, marido encontra desconhecido na frente de casa e ameaça mulher com arma em Dourados
DOURADOS
Preso em operação estava sob monitoramento por assalto
PEDRO JUAN
Três suspeitos de chacina na fronteira são presos pela polícia paraguaia
PEDRO JUAN
Seis morrem e uma criança fica ferida após ataque de pistoleiros na fronteira