Menu
Busca quarta, 12 de dezembro de 2018
(67) 9860-3221
PESCA ILEGAL

PMA apreende 2 km de redes de pesca e liberta 50 kg de peixes

22 setembro 2017 - 14h05

Em fiscalização ambiental na madrugada e manhã de hoje (22), no lago da usina Sérgio Motta, no Rio Paraná, nas proximidades do Rio Pardo, Policiais Militares Ambientais de Bataguassu apreenderam 22 redes de pesca armadas de forma emendada, medindo 2.000 metros. Durante a retirada dos petrechos ilegais foram soltos 50 kg de pescado que estavam vivos e presos às redes. Os infratores proprietários dos petrechos proibidos não foram identificados.

O uso de petrechos proibidos do tipo redes de pesca é muito comum na região, pois, nos lagos das Usinas Hidrelétricas do rio Paraná, este petrecho é permitido para o pescador profissional, desde que identificado e com malha de tamanho a partir de 140 milímetros.

Ocorre que muitos pescadores profissionais armam redes com malha menor à permitida e não identificam. A legislação só permite também no máximo 100 metros de redes armadas, localizadas pelo menos, a 150 metros de distância uma da outra, porém, muitas vezes, os pescadores profissionais emendam várias redes excedendo a metragem permitida.

Pescadores amadores que não podem por lei utilizarem esses petrechos também acabam os utilizando, o que caracteriza crime ambiental.


Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZ
Glenda Kozlowski coloca o bronzeado em dia no Rio de Janeiro
CULTURA
Cineclube UFGD encerra 2018 com o filme Feliz Natal
CORRUPÇÃO
Desembargadora Tânia Borges é alvo de novo processo no CNJ
PETRECHO PROÍBIDO
Ambiental apreende 200 metros de redes de pesca no Rio Paraguai
AEM/MS
Agência realiza fiscalização de brinquedos para o Natal em Dourados
CRIME AMBIENTAL
Dois são autuados com capivara que tinham acabado de abater
QUASE
Avião agrícola cai em lavoura e fica destruído; piloto ficou ferido
PROCESSO SELETIVO
Sesc abre vagas de professor temporário com salários de R$ 4,9 mil
BORORÓ
Adolescente morre afogado quando se banhava com amigos em lagoa
PRIVILÉGIO
Comissão da Câmara aprova restrição de foro a chefes dos três Poderes

Mais Lidas

DOURADOS
Contador e esposa são presos na segunda fase da Operação Pregão
DOURADOS
Polícia prende acusado de agredir e esfaquear idosa em assalto
DOURADOS
Justiça negou pedido de restituição do cargo a ex-contador da prefeitura um dia antes de sua prisão
NOVOS ALVOS
MP cumpre mandados em nova operação em Dourados