Menu
Busca sábado, 17 de agosto de 2019
(67) 9860-3221
TRÊS LAGOAS

PM busca suspeito de tentar arrastar criança para dentro de imóvel

12 junho 2019 - 21h20Por Da redação

Autoridades policiais de Três Lagoas, cidade localizada na região Leste do Estado, estão a procura de um homem suspeito de ter atacado uma criança na manhã desta quarta-feira, dia 12 de junho, no Jardim Moçambique. A vítima teria sido arrastada para dentro de um imóvel e, aos gritos, pediu a ajuda de vizinhos.

Os fatos ocorreram por volta das 9h30 na Rua Amapá, de acordo com o site JPNews. A mãe da criança procurou as autoridades nesta tarde para registrar a ocorrência. À Polícia Civil, ela disse que o autor empurrou sua bicicleta e o convidado para entrar no imóvel. A criança resistiu, chorando e gritando.

A movimentação chamou a atenção de vizinhos, que saíram. Com isso, o suspeito fugiu. A Polícia Militar iniciou buscas na propriedade e nas imediações, mas não localizou o homem.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
PSL realiza ato de filiação hoje em Dourados
FAMOSOS
Geisy Arruda deixa bumbum em evidência e afirma: “Colocando bronze em dia”
TRABALHO CONJUNTO
Etapa de Mutirão DPVAT resulta em 58,7% de processos conclusos
EDUCAÇÃO
Weintraub diz que recursos de universidades podem ser desbloqueados
CAMPO GRANDE
Homem é preso tentando arremessar droga para interior de presídio
DOURADOS
Interdistrital tem dois jogos no domingo
GOVERNADOR EM EXERCÍCIO
Após agenda cheia, Murilo diz que projetos avançam com ministros empenhados em trabalhar pelo MS
BRASIL
Falta de recursos diminuirá expediente de militares, diz Bolsonaro
TECNOLOGIA
Testemunha nos Estados Unidos participa de audiência em MS por videochamada
ECONOMIA
Dólar fecha em alta e volta ao patamar de R$ 4

Mais Lidas

DOURADOS
Polícia apresenta dupla presa por envolvimento em sequestro e identifica resto do bando
DOURADOS
Defensoria flagra pacientes sem água e comida no Hospital da Vida
POLÍCIA
Após denúncias, trio é preso por tráfico na Vila Cachoeirinha
DOURADOS
Um ano após crime, TJ ainda vai decidir se pai e madrasta vão a júri por morte de bebê