Menu
Busca quinta, 27 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221
PREVENÇÃO

Operação Impacto III vistoriou entidades de MS com objetivo de coibir desvios de armas e munições

19 agosto 2019 - 19h05Por Da redação

O Exército Brasileiro concluiu a Operação Impacto III, neste domingo (18), em doze regiões militares, abrangendo todo território nacional. De acordo com a instituição, desde 16 de julho foram percorridos, aproximadamente, 9 mil km, em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul e trecho de Goiás. 

A ação desenvolvida por meio do Sistema de Fiscalização de Produtos Controlados, coordenada pela Diretoria de Fiscalização de Produtos Controlados, tem o intuito de coibir desvios de armas e munições para atividades ilícitas e garantir que as entidades e os usuários, vinculados ao Exército Brasileiro, estejam seguindo as normas em vigor. 

Conforme a instituição, “o resultado desta edição foi positivo”.  Não ocorreram autuações,  nem apreensões, de forma “a se ressaltar a atuação preventiva e da conscientização durante o ano”. 

O Sistema de Fiscalização de Produtos Controlados da 9ª Região Militar empregou um efetivo de 57 fiscais militares, divididos em 15 equipes. 

Além das fiscalizações, durante a operação as equipes de militares ofereceram orientações técnicas e realizaram trocas de experiências com os clubes e seus usuários, o que traz fortalecimento às entidades de tiro como parceiras na fiscalização de atividades com Produtos Controlados pelo Exército (PCE).

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVA ANDRADINA
Menino de 6 anos morre atropelado por carreta em avenida
TEMPO
Quinta-feira de sol com algumas nuvens em Dourados, não chove
SAÚDE
‘Cassems Itinerante’ leva atendimento em Psiquiatria para Dourados e mais duas cidades
MANDADO DE PRISÃO
Em abordagem por pesca ilegal, PMA captura foragido da justiça
OPORTUNIDADE
Vale Universidade recebe inscrições a partir do dia 3 de março
LEGISLATIVO
Assembleia realiza audiência para apresentação de relatórios da Saúde
COVID-19
Desinfetante, álcool e água sanitária podem eliminar o Coronavírus
CAMPO GRANDE
Suposto receptador exige R$ 4 mil para devolver S-10 furtada
COTAÇÃO
Dólar fecha a R$ 4,44 e renova patamar recorde
SETE QUEDAS
Homem é preso com arma de fogo e munições em área rural

Mais Lidas

MULTIDÃO
Carnaval na praça central de Dourados termina em ‘confusão e sujeira’
DOURADOS
Mulher tenta sair de mercado com quase R$ 700 em compras sem pagar
INVESTIGAÇÃO
Ex-prefeito de Amambai foi morto após discussão por desacordo trabalhista
PONTA PORÃ
Estado monitora caso suspeito de Coronavírus na fronteira