Menu
Busca quinta, 18 de julho de 2019
(67) 9860-3221

Novo município do MS aprova políticas de apoio a pequenas empresas

10 janeiro 2013 - 14h20




A Câmara Municipal de Paraíso das Águas-MS regulamentou por unanimidade dos vereadores, na noite desta quarta-feira (9), a Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas (MPEs); a primeira a ser aprovada no município recém-criado, em sessão de abertura do calendário legislativo.



Os mecanismos jurídicos preveem tratamento especial nas compras governamentais, por meio de decretos e editais de licitação, até parcerias com entidades que promovam capacitação do empresariado e a criação da figura do “Agente de Desenvolvimento”, responsável por viabilizar ações de fomento aos pequenos negócios.



Assim como em outras cidades, o Sebrae é o responsável pelo monitoramento das evidências que apontam se as normas previstas de acordo com a Lei Complementar nº 123/06 estão ou não sendo cumpridas. “Parabenizamos a administração pela atitude e visão empreendedora. Isso abre caminho para a inclusão das MPEs no desenvolvimento local e nos permite um ambiente para fomentarmos a regulamentação da lei”, enfatiza Cláudio Mendonça, diretor superintendente da entidade no MS.



Agora, com a inclusão de Paraíso das Águas, 64 dos 79 municípios sul-mato-grossenses possuem a Lei Geral regulamentada e 18 já a implementaram, ou seja, tiraram do papel: Aral Moreira, Aparecida do Taboado, Batayporã, Bodoquena, Caarapó, Campo Grande, Chapadão do Sul, Dourados, Inocência, Itaquiraí, Ivinhema, Maracaju, Nioaque, Porto Murtinho, Ribas do Rio Pardo, Rio Negro, Sidrolândia e Sonora.



Município caçula



Em 2003, Paraíso das Águas foi emancipado pelo governo do MS, após a realização de plebiscito em Água Clara, Costa Rica e Chapadão do Sul, que apontou 96,34% de aprovação, de acordo com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MS).



Mas o decreto de emancipação foi questionado judicialmente pela prefeitura de Água Clara, alegando prejuízo econômico devido à perda de território. O impasse terminou em dezembro de 2009, quando o Supremo Tribunal Federal (STF) considerou válido o decreto estadual que dava autonomia à Paraíso das Águas; e a escolha do prefeito e vereadores foi feita nas eleições do ano passado, que elegeram Ivan Xixi como o primeiro líder do município que conta hoje com uma população estimada de 5,2 mil habitantes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU!
Maíra Charken aumenta temperatura com foto sensual: "Eclipse mexeu comigo"
CORUMBÁ
Mulher que denunciou médico diz que foi abusada em consulta: 'Me senti um lixo'
DIA 25
20º Festival de Inverno de Bonito começa na proxima semana
SAÚDE
Excesso de café aumenta chance de pressão alta em pessoas predispostas
TRÊS LAGOAS
Polícia procura ciclista que passou a mão em mulher no meio da rua
ECONOMIA
Governo deve anunciar nesta semana detalhes sobre saques do FGTS
MEIO AMBIENTE
Dona de funilaria é multada por lançar óleo na rua e causar acidente
FLAMENGO
MP devolve à Polícia Civil inquérito sobre tragédia no Ninho do Urubu
BONITO
Ladrões trapalhões furtam moto, mas sofrem queda e acabam presos
POLÍTICA
Mandetta vai lançar na Capital novo programa do Ministério da Saúde

Mais Lidas

DOURADOS
Execução de comerciante douradense foi “comemorada” com tiros em bairro da periferia
DOURADOS
Indígenas invadem propriedade e atacam policiais com flechas e coquetel molotov
DINHEIRO NOVO
Governo deve anunciar ainda esta semana a liberação de saques do FGTS
POLÍCIA
Polícia prende ladrão de moto e descobre ‘boca de fumo’ no Dioclécio Artuzi