Menu
Busca sexta, 03 de julho de 2020
(67) 99659-5905

Na contramão do desarmamento, leilão oferece revólveres

30 maio 2011 - 15h02

Um item disposto em edital de leilão da 6ª vara da Justiça do Trabalho de Campo Grande vai na contramão da campanha nacional do desarmamento lançada nacionalmente no dia 6 deste mês. O item oferece três revólveres 38, marca Rossi, avaliados em R$ 2,1 mil. O interessado pode participar com lance mínimo de R$ 1.050,00.

Os leilões da 6ª vara da Justiça do Trabalho ocorrem hoje em Campo Grande. O mais caro é o 38 de cano longo avaliado em R$ 900. O lance míninmo é de R$ 450. Os outros dois são de cano curto, ambos avaliados em R$ 600 e o lance mínimo é de R$ 300.

Conforme disposto no edital, os revólveres estão “em razoável estado de uso e conservação, não tendo sido verificado o funcionamento”.

Os três-oitões aparecem ainda com o número do registro de arma do Sinarm (Sistema Nacional de Armas), instituído no Ministério da Justiça no âmbito da Polícia Federal.

Em contato com a organizadora do leilão, no Paraná, foi informado ao Campo Grande News que todos os itens dispostos nos leilões são autorizados pela Justiça. Além disso, o próprio edital esclarece: “os interessados poderão arrematar mediante apresentação de autorização da Polícia Federal”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Pandemia vai afetar todas as áreas da educação no país, diz Inep
MATO GROSSO DO SUL
Povo terena celebra asfalto após 40 anos de luta
CAMPO GRANDE
Justiça concede R$ 300 mil a membros de família sobreviventes de acidente
CORUMBÁ/LADÁRIO
Carros de aplicativos são autuados durante fiscalização
PANDEMIA
Assembleia oficializa calamidade pública em Pedro Gomes, Deodápolis e Ivinhema
BRASIL
Municípios sugerem financiamento para prefeituras pagarem precatórios
POLÍCIA
Mulher denuncia ter sido estuprada por três rapazes na capital
PANDEMIA
Mortes por coronavírus chegam a 105 em MS, após dia com 14 registros
TRÁFICO DE DROGAS
Homem é preso ao transportar grande quantidade de droga na BR-463
SAÚDE PÚBLICA
Dourados é recordista em chikungunya e 2020 é o 2° ano com mais registros da doença

Mais Lidas

DOURADOS
Decretos sobre aglomerações, igrejas e comércio terão mais 10 dias de vigência
PANDEMIA
Dourados tem quatro mortes por Covid em 24 horas, uma das vítimas médico
DOURADOS
Comerciante encontra homem morto ao chegar para abrir estabelecimento
20 VEÍCULOS
"Bonde do contrabando" é apreendido abarrotado de produtos do Paraguai