Menu
Busca sexta, 29 de maio de 2020
(67) 99659-5905
CAPITAL

Menina de 14 anos está internada em UPA com suspeita de sarampo

16 setembro 2019 - 20h20Por Da redação

Uma adolescente de 14 anos está internada desde o último sábado, dia 14 de setembro, na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Coronel Antonino, em Campo Grande, com suspeita de sarampo. Com manchas no corpo, febre, feridas na boca e conjuntivite, a menina está isolada em uma sala da unidade de saúde desde domingo (15).

Se a suspeita de sarampo se confirmar, será o primeiro caso no Estado com transmissão local, já que os parentes afirmam que ela não viajou recentemente, como aconteceu com as outras duas pessoas que tiveram a doença confirmada no Estado. Um bebê de 10 meses, de Campo Grande, e um morador de Três Lagoas, de 52 anos, foram diagnosticados com sarampo, contraído em São Paulo, onde foram passear. Em todos os casos, foi feito o chamado bloqueio vacinal, imunização de quem teve contato com os pacientes e ainda não tomou vacina.

A tia da adolescente, Veruska Miranda Félles, 31 anos, supervisora de rodovia no Rio Grande do Sul, conta que veio passear no Estado e encontrou a situação. Ela reclama do tratamento dado à adolescente. Diz que precisou “dar um show” na UPA para conseguir alguma melhora no atendimento.

Segundo ela, a paciente chegou a ficar várias horas em uma maca sem lençou e, apesar de a pressão arterial estar a apenas 9 por 5, nenhum procedimento foi adotado além de colocá-la na “sala improvisada”, onde está tomando soro. Pelas imagens recebidas, trata-se de consultório adaptado para funcionar como isolamento.

O que diz a Sesau - O coordenador de Urgência da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública), Yama Higa, informou que já foram feitos testes para saber se é um caso de sarampo. Segundo ele, a primeira avaliação clínica detectou sintomas da doença. A segunda, feita por médico infectologista, não aponta para a doença.

As manchas no corpo parecem mais com catapora, enfermidade que também exige isolamento. Yama confirmou que essa é uma suspeita, mas é necessário esperar os exames para descartar de vez o sarampo,

Sobre o local onde a menina está internada, a explicação é de que a unidade passa por reforma, para ser submetida a uma requalificação pelo Ministério da Saúde e por isso precisou ser usado o consultório pois algumas alas não estão sendo usadas.

Com informações do site Campo Grande News.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SEU BOLSO
Receita paga nesta sexta-feira restituições do primeiro lote do IR
SIDROLÂNDIA
Homem é executado com 6 tiros durante partida de futebol
TEMPO
Sexta-feira de sol com algumas nuvens em Dourados; não chove
ENERGIA SOLAR
Porque investir em energia solar?
COSTA RICA
Menina de 3 anos dormia com a mãe que foi assassinada a facadas pelo ex
POLÍTICA
Bolsonaro diz que auxílio emergencial poderá ter a quarta parcela
JUDICIÁRIO
MP denuncia juiz por ter recebido propina para liberar precatórios
ENSINO SUPERIOR
Ainda sem data, Enem 2020 já tem 6,1 milhões de inscritos
TRÊS LAGOAS
Motociclista é atingida por linha com cerol e garotos que soltavam pipa fogem
ECONOMIA
Compras com auxílio emergencial poderão ser pagas via celular

Mais Lidas

PANDEMIA
Dourados é "campeã" de casos de coronavírus em MS pelo 3º dia consecutivo
TRÁFICO
Servidor da Sesai usava veículo oficial para trazer maconha do Paraguai
COVID-19
Curva segue ascendente e Dourados ultrapassa 200 casos de coronavírus
DOURADOS
Após brigar com a ex e decidir dormir na rua, homem é assaltado e agredido