Menu
Busca terça, 20 de novembro de 2018
(67) 9860-3221
CAARAPÓ

Mais de 700 alunos são orientados em palestras contra o crime

20 outubro 2017 - 17h50Por Da Redação

Nos dia 18 e 19 de outubro de 2017, o projeto “Diga Não Ao Crime”, desenvolvido pela Polícia Militar de Dourados, desembarcou em Caarapó onde foram realizadas palestras em seis escolas, sendo quatro na cidade de Caarapó e outras duas nos distritos de Nova America e Cristalina.

A coordenação ficou a cargo do Tenente Alan Regis, que é o comandante da unidade da Policia Militar na cidade, tendo como palestrante o 1º sargento Julio CT Arguelho, idealizador do projeto e que atualmente exerce a função de Assessor de Comunicação Social do 3º BPM em Dourados.

Durante as palestras são utilizadas diversas mídias que enfatizam a ação de criminosos na fronteira, a ação dos órgãos de segurança publica no combate ao narcotráfico na região, além das consequências do uso de drogas para a saúde física, psíquica e social do usuário.

Na manha da quarta-feira (18) foi minsitrado o projeto DNC na Escola Frei João Damasceno em Nova America e na Escola Joaquim Viana na cidade de Caarapó. No periodo vespertino foi a vez da escola Padre Ancheita no Distrito de Cristalina receber o projeto. 

Já no dia 19, foram atendidos alunos da escola Moacir Franco, Escola Rui Barbosa e Escola Arcenio Rojas, todas na cidade de Caarapó.

No total o projeto atendeu mais de 700 pessoas nos dois dias de palestras, que teve uma receptividade muito boa por parte da direção, coordenação e direção das escola, além de prender a atenção dos alunos com assuntos apresentados de forma clara e dinamica pelo palestrante.

A palestra do DNC aborda assuntos como toxicologia, noções de autoridade, ação de grupos criminosos na fronteira, consquencias criminais e na saude do usuarios drogas licita e ilicitas e ação da Policia Militar no combate ao crime, principalmente o narcotrafico.

No final de cada palestra é apresentado um video institucional da PMMS com resultados operacionais de janeiro a agosto de 2017, bem como ações de cunho social, insentivando cada participante a conhecer mais um pouco da Policia Militar como opção  de profissão no futuro.

O projeto nasceu em setembro de 2015, onde a visão do idealizador era trazer adolescentes da faixa etaria dos 13 aos 17 anos, as consequências criminais advindas do envolvimento com as droga e por sua vez com o trafico de droga na região de fronteira, com a finalidade de inibir a iniciação criminal desse publico e já foi apresentado para mais de 7 mil expectadores em diversas cidades do estado.

Para maiores informações os interessados deverão entrar em contato atravez do telefone 99624-6956 ou 3902-2575. 

Conheça mais do projeto na Fan Page do Facebook www.facebook.com.br/projetodnc

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Laryssa Ayres exibe curvas em ensaio fotográfico de biquíni
CAMPO GRANDE
Motorista briga em tabacaria, foge, bate em 4 carros, mas acaba solta
ECONOMIA
Estudantes têm até sexta-feira para renovar contrato do Fies
BATAYPORÃ
Família volta a pedir ajuda para salvar a vida do garoto Davi Samuel
DESCONTOS
Confira 10 dicas para fugir de furadas apresentadas na Black Friday
CAMPO GRANDE
Jovem de 22 anos morre após colisão entre moto e caminhonete
NOVA ALVORADA
Justiça bloqueia bens de políticos e empresários por compra de farinha
EDITAL
Programa Mais Médicos oferece 8.517 vagas a partir de quarta-feira
URGÊNCIA
Senadores tentam votar projeto que enfraquece a Lei da Ficha Limpa
ANASTÁCIO
Mulher é agredida a socos por não levar comida de festa para marido

Mais Lidas

DOURADOS
Antes de ser assassinado, homem passou por ‘tribunal do crime’
DOIS MESES DEPOIS
Acusados de matar rapaz em Dourados serão apresentados hoje
MARCELO PILOTO
Traficante brasileiro é expulso do Paraguai após matar mulher em cela
VILA SÃO BRÁS
Mulher acorda e flagra ladrão dentro de casa em Dourados