Menu
Busca domingo, 22 de setembro de 2019
(67) 9860-3221
VIOLÊNCIA

Luiza Brunet será embaixadora do Programa Mãos EmPENHAdas

17 maio 2019 - 18h50Por Da redação

Está publicada no Diário da Justiça desta sexta-feira, dia 17 de maio, a Portaria nº 1.487, que nomeia a atriz, modelo e empresária Luiza Botelho Brunet como Embaixadora do Programa Mãos EmPENHAdas Contra a Violência. A solenidade de outorga do título será no dia 24 de junho, nas dependências do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul).

A juíza Jacqueline Machado, idealizadora do programa e que responde pela Coordenadoria da Mulher em MS, destacou que a importância de se ter uma personalidade como Luiza Brunet para difundir o projeto de forma voluntária é a identificação que as mulheres têm ou podem vir a desenvolver com ela.

No entender de Jacqueline, o engajamento de Brunet como porta-voz representará significativa ajuda na mobilização da sociedade, especialmente dos profissionais de beleza, propiciando a efetiva divulgação tanto em âmbito estadual quanto nacional de proposta tão relevante às mulheres.

“Luiza é declaradamente vítima de violência doméstica e é natural do Mato Grosso do Sul e a identificação de representatividade é importante para despertar o sentimento de pertencimento das mulheres, além de dar visibilidade ao programa e fazer com que se expanda cada vez mais, ajudando inúmeras mulheres”, disse ela.

Saiba mais – O Programa Mãos EmPENHAdas contra a Violência, de iniciativa do TJ/MS, tem como objetivo a disseminação de informações sobre o fenômeno da violência doméstica e familiar contra a mulher e dos serviços de atendimento à mulher em situação de violência, por meio de parcerias com profissionais da área da beleza.

Recentemente, o programa ganhou notoriedade nacional, com a declaração de apoio de várias celebridades bem como a conquista do Prêmio Direitos Humanos 2018. O programa começou quando a juíza de MS percebeu que as mulheres falavam espontaneamente da violência sofrida durante tratamentos em salões de beleza. O reconhecimento à boa prática veio com a implantação do programa em outros Estados.

Nesta terça-feira, o presidente do TJMS, Dese,bargador Paschoal Carmello Leandro, editou a Portaria nº 1.485, que regulamenta a replicação do programa Mãos EmPENHAdas para que outras instituições, em todo o país, possam atuar no enfrentamento à violência contra a mulher, utilizando todo o know-how do programa, criado pelo Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul.

O programa já foi replicado em salões de beleza de São Paulo, Santarém (PA) e Teresina (PI) e despertou interesse de outros órgãos, por isso a normatização serve para garantir que todos os Tribunais e demais instituições repliquem a iniciativa da forma correta, como o programa foi criado, evitando o desvirtuamento de seus objetivos, que é de prevenção de todas as formas de violência contra a mulher.

O Mãos EmPENHAdas contra a Violência capacita profissionais da área da beleza sobre os aspectos psicossociais e jurídicos da violência doméstica e familiar contra a mulher, para que possam orientar clientes que estejam em situação de violência doméstica e familiar sobre seus direitos e rede de atendimento, desmistificar esse fenômeno e multiplicar informações.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAUUUUU!!
Rihanna aumenta a temperatura com foto sensual no Instagram
INFRAESTRUTURA
Governo vai pavimentar rodovia que liga Norte do MS ao Pantanal e Bonito
HISTÓRICO ESCOLAR FALSO
Condenação por falsificação e estelionato é mantida pela 3ª Câmara Criminal
BRASIL
Pesquisas indicam ingestão de microplásticos por humanos
LEGISLATIVO DE MS
Semana na ALMS terá duas audiências públicas
FESTA
2ª Peixada Dourados News celebra 19 anos do maior jornal online do interior de MS
BRASIL
Investidores internacionais querem evitar dupla tributação com Brasil
MEIO AMBIENTE
Traficante de aves foge da polícia ao ser flagrado tentando furtar filhotes de papagaio
MÚSICA
Batalha de Bandas acontece neste sábado na Capital
ITAPORÃ
Durante ação voltada ao meio-ambiente, maconha é encontrada às margens de rodovia

Mais Lidas

TRÁFICO
Polícia fecha "boca" e prende mulher seis dias após ela sair da prisão
DOURADOS
Em meio a crise do transporte escolar, responsável pela frota é exonerado
FLAGRANTE
Dupla é presa com espingardas e munições dentro de veículo
DOURADOS
Manicure vai atender cliente e tem moto furtada no centro