Menu
Busca sexta, 17 de agosto de 2018
(67) 9860-3221
SAÚDE

Ex-prefeito deixa o CTI, mas permanece internado para tratamento

08 novembro 2017 - 11h56Por Da Redação

O ex-prefeito de Campo Grande e ex-senador, Juvêncio César da Fonseca, de 82 anos, deixou na manhã desta quarta-feira, dia 08 de novembro, o Centro de Tratamento Intensivo (CTI), onde estava internado desde o ínicio da tarde de ontem (7), no Prontomed, da Santa Casa da Capital.

Segundo informações repassadas pela assessoria de comunicação da Santa Casa, o ex-prefeito recebeu alta do CTI, mas aguarda vaga para ser transferido para o quarto, onde permanecerá em tratamento. De acordo com o jornal Correio do Estado, o quadro de Juvêncio permanece estável, porém, não há previsão de quando deixará o hospital.

TRAJETÓRIA POLÍTICA

Juvêncio é advogado e político famoso em todo o Mato Grosso do Sul. Foi vereador de 1983 até 1985, quando se candidatou à prefeitura de Campo Grande. Eleito, comandou a cidade por dois mandatos.

Assumiu o cargo de senador da República por Mato Grosso do Sul em 1998, tendo exercido o mandato até 31 de janeiro de 2007.

Já integrou o Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), o Partido Democrático Trabalhista (PDT), o Partido da Frente Liberal (PFL - atual Democratas) e o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB).

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSOS
Gracyanne Barbosa ousa em posição e deixa bumbum em evidência
ASSEMBLEIA
Projeto aprovado eleva Comarca de Rio Verde à categoria de segunda entrância
TECNOLOGIA
Anatel abre consulta pública sobre uso de faixa de frequência para 5G
JUCEMS
MS abriu mais de 500 empresas em julho
FLAGRANTE
Polícia prende em Corumbá foragido da Justiça do Maranhão
ELEIÇÕES 2018
TSE nega participação de Lula em debate na TV amanhã
ESPECIALIZAÇÃO
IFMS abre matrícula para especialização em Docência para Educação Profissional
ENSINO SUPERIOR
Estudantes que vão concluir graduação já podem se cadastrar no Enade 2018
REAJUSTE SALARIAL
Frentistas de MS tentam reajuste salarial desde 1º de março
COTAÇÕES
Dólar tem leve alta e volta ao patamar de R$ 3,90 com incerteza eleitoral

Mais Lidas

DOURADOS
Madrasta de criança morta é autuada por homicídio
DOURADOS
Além da madrasta, delegado autua o pai e ambos responderão pela morte de criança
DOURADOS
Criança de 1 ano teve trauma no tórax e laceração hepática
DOURADOS
Criança possuía lesões na cabeça e pescoço e polícia investiga o caso