Menu
Busca sexta, 19 de outubro de 2018
(67) 9860-3221

Evento destaca gestão conjunta de resíduos sólidos entre Brasil e Paraguai

04 dezembro 2012 - 18h00

Um projeto pioneiro para a gestão de resíduos sólidos na divisa entre Brasil e Paraguai. Este foi o destaque das palestras “Municípios Sustentáveis” e “Modelo de Gestão Conjunta de Resíduos Sólidos nos municípios de faixa de Fronteira Ponta Porã - Pedro Juan Caballero”.



Os eventos, ministrados por Karin Segala, coordenadora de resíduos sólidos do IBAM (Instituto Brasileiro de Administração Municipal), aconteceram na manhã desta terça-feira (4), no Centro de Convenções e Exposições Albano Franco, onde está sendo realizada a ExpoCidades.



O Sebrae, por meio do Projeto MS Sem Fronteiras, o IBAM e o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) trabalham juntos na criação do complexo de tratamento de resíduos sólidos na região, com aterro sanitário compartilhado entre as duas cidades fronteiriças.



“Unimos as entidades e os envolvidos diretamente no processo de seleção do lixo para fazer com que o projeto tivesse essa viabilidade” destaca Karin. Segundo ela, a ideia é tratar os resíduos; trabalhar a reciclagem, inclusive da construção civil; e desenvolver a compostagem.



Para Rodrigo Maia, gerente da unidade de Indústria e Projetos Estruturantes do Sebrae no MS a gestão de resíduos sólidos apresenta oportunidades para as Micro e Pequenas Empresas e também aos Empreendedores Individuais. Desta forma, cria-se a economia verde, na qual se deve acreditar.



“Ao superar o desafio de desenvolver esta iniciativa em parceria nas duas cidades fronteiriças, já que cada país possui suas peculiaridades políticas e legais, cria-se um incentivo aos demais municípios brasileiros”, destaca Maia.



Entrega do Caderno de Sustentabilidade



Os prefeitos eleitos e representantes de empresas e do governo, presentes na ExpoCidades, receberam no estande do Sebrae/MS o Caderno de Sustentabilidade – Gestão de Resíduos Sólidos, que trata sobre o tema.



A publicação, que tem por objetivo orientar gestores públicos, empresários e futuros empreendedores, foi elaborada pela entidade no Estado e lançada oficialmente em julho, durante a Rio+20. O documento está disponível para consulta no campo “Estudos e Pesquisas” do site do Sebrae Mato Grosso do Sul – www.ms.sebrae.com.br.



A entidade iniciou um trabalho junto às administrações municipais do Mato Grosso do Sul, que até o final deste ano terão que apresentar o próprio Plano de Destinação de Resíduos Sólidos, conforme determinação da Lei 12.305, de 12/08/10.



“O desafio é incorporar à sociedade as regras dessa nova política e, ao mesmo tempo, tornar os negócios mais competitivos, pensando ainda em novas atividades

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Mariana Goldfarb relembra foto em que aparece nua na praia
ELEIÇÕES 2018
Jair Bolsonaro afirma que não vai a debates no segundo turno
FRONTEIRA
Homem de 43 anos e o filho de 11 são assassinados a facadas
DISPUTAS
Jogos Escolares e da Juventude iniciam confronto no fim de semana
LICITAÇÕES
Decretada emergência em três cidades por estragos de chuva
HOMICÍDIO
Juiz decide levar a júri popular réu que provocou acidente com morte
ECONOMIA
Riqueza das famílias brasileiras encolheu US$ 380 bilhões em 1 ano
ACADÊMICOS
UFGD é campeã estadual dos Jogos Universitários Brasileiros
JUSTIÇA
Concessionária e montadora são condenadas por problemas em moto
PARANAÍBA
Mulher descobre gravidez um dia antes do parto e perde bebê

Mais Lidas

MARACAJU
Empresário douradense e filho morrem em acidente na BR-267
DOURADOS
Afogamento de africano ocorreu após apostar garrafa de cachaça com colega
DOURADOS
Mulher é condenada a 12 anos de prisão pela morte do ex-marido
DOURADOS
Corpo de homem que morreu afogado em lago é encontrado