Menu
Busca quarta, 17 de julho de 2019
(67) 9860-3221

Evento destaca gestão conjunta de resíduos sólidos entre Brasil e Paraguai

04 dezembro 2012 - 18h00

Um projeto pioneiro para a gestão de resíduos sólidos na divisa entre Brasil e Paraguai. Este foi o destaque das palestras “Municípios Sustentáveis” e “Modelo de Gestão Conjunta de Resíduos Sólidos nos municípios de faixa de Fronteira Ponta Porã - Pedro Juan Caballero”.



Os eventos, ministrados por Karin Segala, coordenadora de resíduos sólidos do IBAM (Instituto Brasileiro de Administração Municipal), aconteceram na manhã desta terça-feira (4), no Centro de Convenções e Exposições Albano Franco, onde está sendo realizada a ExpoCidades.



O Sebrae, por meio do Projeto MS Sem Fronteiras, o IBAM e o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) trabalham juntos na criação do complexo de tratamento de resíduos sólidos na região, com aterro sanitário compartilhado entre as duas cidades fronteiriças.



“Unimos as entidades e os envolvidos diretamente no processo de seleção do lixo para fazer com que o projeto tivesse essa viabilidade” destaca Karin. Segundo ela, a ideia é tratar os resíduos; trabalhar a reciclagem, inclusive da construção civil; e desenvolver a compostagem.



Para Rodrigo Maia, gerente da unidade de Indústria e Projetos Estruturantes do Sebrae no MS a gestão de resíduos sólidos apresenta oportunidades para as Micro e Pequenas Empresas e também aos Empreendedores Individuais. Desta forma, cria-se a economia verde, na qual se deve acreditar.



“Ao superar o desafio de desenvolver esta iniciativa em parceria nas duas cidades fronteiriças, já que cada país possui suas peculiaridades políticas e legais, cria-se um incentivo aos demais municípios brasileiros”, destaca Maia.



Entrega do Caderno de Sustentabilidade



Os prefeitos eleitos e representantes de empresas e do governo, presentes na ExpoCidades, receberam no estande do Sebrae/MS o Caderno de Sustentabilidade – Gestão de Resíduos Sólidos, que trata sobre o tema.



A publicação, que tem por objetivo orientar gestores públicos, empresários e futuros empreendedores, foi elaborada pela entidade no Estado e lançada oficialmente em julho, durante a Rio+20. O documento está disponível para consulta no campo “Estudos e Pesquisas” do site do Sebrae Mato Grosso do Sul – www.ms.sebrae.com.br.



A entidade iniciou um trabalho junto às administrações municipais do Mato Grosso do Sul, que até o final deste ano terão que apresentar o próprio Plano de Destinação de Resíduos Sólidos, conforme determinação da Lei 12.305, de 12/08/10.



“O desafio é incorporar à sociedade as regras dessa nova política e, ao mesmo tempo, tornar os negócios mais competitivos, pensando ainda em novas atividades

Deixe seu Comentário

Leia Também

PRAZO
Tribunal Regional do Trabalho encerra inscrições para Programa de Estágio
CAMPO GRANDE
Três homens em veículo furtado são perseguidos e presos pela Polícia
EDUCAÇÃO
UEMS abre inscrições para Pós em Educação Científica e Matemática
REUNIÃO
Bolsonaro vai à Argentina para participar da cúpula do Mercosul
PARANHOS
"Braço direito" de narcotraficante preso é executado a tiros na fronteira
TEMPO
Quarta-feira de sol com algumas nuvens em Dourados, não chove
SHOWBIZZ
De biquíni em Paraty, Mariana Ximenes suspira: "Pode já querer voltar?"
CAPITAL
Esposa de defensor público é encontrada morta em residência
POLÍCIA
Vítima de tiro do pai, estudante presta depoimento e diz que vai embora
TJ/MS
Coordenadora da Mulher debate violência de gênero em Genebra

Mais Lidas

DOURADOS
Coordenadora de Ceim é exonerada e pais fazem abaixo-assinado para tentar mantê-la
POLÍCIA
Investigação vê indícios de relação entre homicídios no Jardim Pantanal e Guanabara
DOURADOS
Assassinado em conveniência já cumpriu pena por tráfico e lavagem de dinheiro
DOURADOS
Upiran entrega carta de demissão a Délia e aguarda substituto para deixar Educação