Menu
Busca quarta, 23 de maio de 2018
(67) 9860-3221
Clube Indaiá - Janeiro 2018

Corpo de prefeito de Antônio João será sepultado nesta terça à tarde

06 junho 2011 - 16h38

O corpo do prefeito de Antônio João, Juneir Martinez Marques (PSDB), deverá ser liberado até as 18 horas dessa segunda-feira, já que um médico Legista, veio da cidade de Jardim, deslocado pelo Governo do Estado, para que a liberação do corpo do prefeito seja mais rápido.

Após a liberação o corpo seguirá para Antonio João, onde deverá ser velado no Clube Juventude e o seu sepultamento está previsto para amanhã à tarde, segundo informações da família.

Ele nasceu em Antonio João e atuava como comerciante na cidade até ser eleito prefeito em 2005. Ele estava em seu segundo mandato. Também já foi diretor da Assomasul nos de 2009 até janeiro de 2011.

Juneir deixa a esposa, Marceleide Hartermam Marques, além dos três filhos, Ana Paula, Flávio Renato e Rodrigo.

Assume o município é a vice-prefeita Lucia Regina. (Informações Bela Vista MS)

Deixe seu Comentário

Leia Também

LAVA JATO
Justiça determina prisão do ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares
INFÂNCIA
Bonito sediará dia 30 o primeiro Fórum Nacional de Justiça em MS
TRAGÉDIA
Motociclista morre em acidente na MS-270
OIKETICUS
Nova fase de operação cumpriu dois mandados contra cigarreiros
DOURADOS
Protesto de caminhoneiros deve atingir setores do comércio nas próximas horas
COTAÇÃO
Dólar fecha em queda com melhora do ambiente externo
RODOVIAS BLOQUEADAS
Greve dos caminhoneiros pode paralisar indústria em Dourados
JÁ CLASSIFICADO
Grêmio preparado para encerrar a primeira fase da Libertadores
DOURADOS
Vereador propõe audiência para discutir alteração do Plano Diretor Municipal
INFRAESTRUTURA
Rodovia que liga Jardim a Bonito está 98% concluída

Mais Lidas

JARDIM DOS ESTADOS
Homem é preso após invadir casa, agredir e amarrar casal
DOURADOS
Expoagro termina com "chuva" de reclamações estruturais
RODOVIAS DE MS
Bloqueio de caminhoneiros tem promessa de ‘virar a noite’ em Dourados
NARCOTRÁFICO
Jarvis Pavão é condenado a 10 anos de prisão