Menu
Busca quinta, 06 de agosto de 2020
(67) 99659-5905

Controle da saída de gado em pé de MS e importação é solicitado a deputados

07 junho 2011 - 13h38

Frear a saída de gado em pé de Mato Grosso do Sul e liberar a importação de gado dos países vizinhos (Paraguai e Bolívia) para abastecimento do consumo interno (Estado e União) e cumprimento dos contratos firmados pelos frigoríficos com o mercado externo, são medidas defendidas pelo Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação de Campo Grande – Stiacgms para evitar o desabastecimento no período de entresafra que começa em julho.

E para concretizar essas sugestões, o presidente da entidade, Rinaldo de Souza Salomão esteve hoje pela manhã na Assembléia Legislativa e entregou ofício, em mãos, a todos os deputados da Casa. “É preciso que o poder legislativo estude o problema e acate as nossas sugestões para amenizar o impacto do período de entresafra na vida dos trabalhadores que correm risco de serem demitidos em massa dos frigoríficos”, justifica.

O sindicalista enviou semelhante ofício aos senadores e deputados federais da bancada de Mato Grosso do Sul no Congresso Nacional. “Pelas leis do Estado, não temos nenhum controle sobre a quantidade de gado que sai em pé do Estado para serem abatidos nos Estados vizinhos, principalmente São Paulo”, explica o sindicalista lembrando que o Estado perde muito com “nosso” gado que é abatido lá fora.

Outra sugestão dada aos parlamentares pelo sindicalista é de que para cada arroba de boi gordo que sai em pé de Mato Grosso do Sul, os vendedores tenham o mesmo compromisso com o Estado, em quantidade de arroba para ser abatido em MS.

“Acredito que nossos parlamentares podem criar leis que protejam o emprego dos trabalhadores sul-mato-grossenses e o consumo de carne a preços compatíveis com a renda das famílias assalariadas do Estado”, comentou Rinaldo Salomão que espera uma posição dos parlamentares da Assembléia Legislativa e da bancada de MS na Câmara Federal e no Senado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORONAVÍRUS
Delegado de Angélica com Covid-19 é transferido de avião para São Paulo
FUTEBOL
Árbitra sul-mato-grossense é promovida para o quadro da CBF
CRIME AMBIENTAL
PMA usa satélite, descobre desmatamento ilegal e autua infrator
DECISÃO
STF determina medidas para proteger indígenas de vírus e invasões
SAÚDE
Trabalhadores rurais de MS recebem doação de 155 mil máscaras
PRECAUÇÃO
Com caso de Covid-19, Detran-MS suspende atendimento em Itaquiraí
CORONAVÍRUS
Cônsul da Venezuela no Brasil morre em Roraima vítima da Covid-19
LOTERIA
Confira as dezenas sorteadas da Mega-Sena, prêmio é de R$ 3 milhões
MUNDO NOVO
Homem é preso suspeito de executar empresário e jovem com tiro na boca
AQUIDAUANA
Empresa de saneamento é condenada por ocasionar danos a residência

Mais Lidas

DOURADOS
Peladão: Homem é detido após armar confusão em motel e quebrar vários quartos
POLÍCIA
Duas mulheres são presas por estelionato em Dourados
TRAGÉDIA
Mulher que morreu em acidente na BR-463 em Ponta Porã tinha 27 anos
TRAGÉDIA
Uma pessoa morre em acidente grave na rodovia BR-463