Menu
Busca quarta, 22 de maio de 2019
(67) 9860-3221

Conselho Paritário de Produtores e Indústrias de Leite em MS tem nova diretoria

12 janeiro 2013 - 16h33

#####Assessoria




O Conselho Paritário de Produtores e Indústrias de Leite em MS (Conseleite) definiu hoje (11/01) a nova diretoria biênio 2013/2014. Para a presidência, foi escolhido o representante da bancada industrial, empresário, Pedro Gerbas. Para a vice-presidência, o representante dos produtores rurais, diretor do Departamento de Leite do Sindicato Rural de Campo Grande, Wilson Igi. O Conseleite tem como objetivo auxiliar na organização da cadeia produtiva e na valorização do produto.

O novo presidente da entidade, Pedro Gerbas, afirma que a administração seguirá no mesmo caminho da antiga: “Essa é uma mera formalidade, o que queremos é continuar trabalhando em prol do produtor de leite”, comenta. Segundo o ex-presidente do Conseleite, Dário Alves, a última gestão teve foco no fortalecimento de toda a cadeia leiteira do estado “O objetivo sempre foi fortalecer o setor e atender melhor ao consumidor, com produtos de qualidade e feitos com segurança”, afirma. Entre as ações da gestão passada está a produção de um abaixo assinado com 20 mil assinaturas de produtores de leite do Brasil, com reivindicações para melhorias do setor, que foi apresentado na 1ª Conferência Nacional do Leite, em Brasília.

No ano passado o setor leiteiro no Estado passou por duas crises. O primeiro entrave foi em relação à alta do preço da ração das vacas leiteiras. A segunda grande dificuldade foi a importação de produtos lácteos, o que dificulta a produção e a comercialização dos produtos feitos em Mato Grosso do Sul.

Entidade paritária, o Conseleite é composto por representantes dos produtores rurais e da indústria de laticínios sendo os membros indicados pela Federação da Agricultura do Mato Grosso do Sul (Famasul) e pelo Sindicato da Indústria de Laticínios do Estado (Silems). Também fazem parte deste projeto a Universidade Estadual - Unidade de Aquidauana (UEMS) e a Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Na reunião também foram discutidas questões como a substituição e o aumento do número de conselheiros por seus respectivos representantes, além de definir mensalmente o valor de referência do leite pago ao produtor a partir de pesquisas de preço. A reunião aconteceu no auditório da Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Sistema Famasul).


Sobre o Sistema Famasul – O Sistema Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS) é formado por um conjunto de entidades que dão suporte para o desenvolvimento sustentável do agronegócio e representam os interesses dos produtores rurais de Mato Grosso do Sul. É formado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), pela Fundação Educacional para o Desenvolvimento Rural (Funar), pela Associação dos Produtores de Soja (Aprosoja/MS) e pelos sindicatos rurais do Estado.

O Sistema Famasul é uma das 27 entidades sindicais que integram a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). Como representante do homem do campo, põe seu corpo técnico a serviço da competitividade da agropecuária, da segurança jurídica e da valorização do homem do campo. O produtor rural sustenta a cadeia do agronegócio, respondendo diretamente por 17% do PIB sul-mato-grossense.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ITAQUIRAÍ
Casal é investigado por golpes contra idosos que somam mais de R$ 500 mil
NOVO DECRETO
Exército vai definir em 60 dias quais armas cidadãos vão poder comprar
ACIDENTE
Motorista pega no sono e bate caminhão na traseira de outro na BR-163
FUTEBOL
Fifa desiste de fazer Copa do Mundo do Catar com 48 seleções
CRIME AMBIENTAL
Ambiental fecha suinocultura instalada em área protegida de nascentes
JUSTIÇA
Banco é condenado a ressarcir cheque extraviado de R$ 29 mil
UEMS
Estão abertas as inscrições para a VI edição do Enepex
CULTURA
Sexta edição do Bonito Blues & Jazz Festival acontece no feriado de Corpus Christi
CAPITAL
Após horas de terror, motorista feito refém diz que vai deixar a profissão
REFORMA ADMINISTRATIVA
Câmara aprova redução do nº de ministérios e mantém Coaf na Economia

Mais Lidas

DOURADOS
Presos fazem motim na PED em ala ocupada por membros de facção criminosa
POLÍCIA
Após pescaria, marido encontra desconhecido na frente de casa e ameaça mulher com arma em Dourados
ACIDENTE
Motociclista avança preferencial, colide com outra moto e morre
EDUCAÇÃO
Greve atinge escolas em Dourados e prejudica merenda, inspeção e limpeza