Menu
Busca sexta, 24 de maio de 2019
(67) 9860-3221
MS

CEDRS aprova aquisição de equipamentos e debate ações para agricultura familiar

15 maio 2019 - 14h05Por Governo de MS

A primeira reunião ordinária do Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável de Mato Grosso do Sul (CEDRS/MS) do ano de 2019, realizada na manhã de segunda-feira (13.5) na Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro) aprovou e debateu ações do Governo do Estado para o fomento da agricultura familiar em Mato Grosso do Sul.

A reunião contou com a participação do secretário Jaime Verruck, da Semagro, do superintendente de Ciência e Tecnologia, Produção e Agricultura Familiar, Rogério Beretta, do superintendente Federal de Agricultura em MS, Celso Martins, do diretor-presidente da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer) , André Nogueira Borges e demais representações do Conselho.

Foi homologada a aprovação Ad Referendum do Termo de Referência do Convênio Proposta n. 002601/2019/MAPA/AGRAER, para a aquisição de veículos, máquinas e equipamentos agrícolas para a Agricultura Familiar. “Há uma demanda para ser atendida por meio da Agraer, seguindo as prioridades dadas pelo CEDRS. Com os contingenciamentos do Governo Federal, o montante das emendas parlamentares disponíveis neste ano foi reduzido de R$ 28 milhões para R$ 22 milhões e foi necessário um reordenamento no convênio”, lembrou o secretário Jaime Verruck.

André Nogueira, diretor-presidente da Agraer, apresentou ao CEDRS o pedido feito pelo Governo do Estado ao Tribunal de Justiça para que os beneficiários de terras obtidas por meio de políticas públicas federais, estaduais e municipais recebam isenção das custas e emolumentos cartorários. A solicitação foi feita na semana passada.

“O Governo tem empreendido esforços para promover a regularização fundiária e a titulação dos assentamentos rurais, como forma de alavancar o desenvolvimento dos assentados da reforma agrária, os beneficiários do programa nacional de crédito fundiário, os agricultores familiares tradicionais, os indígenas e os quilombolas. Esse pedido é mais uma ação em prol desse segmento”, destacou André.

Segundo o secretário Jaime Verruck, o pedido visa a regularização de 25 mil famílias que encontram no custo da regularização um limitador para sua efetivação. “A isenção das custas e emolumentos pode ser vista como um importante incentivo para a regularização. Outro fator a ser levado em consideração é o fato de que outras unidades da federação já praticam a isenção das taxas e emolumentos para fins de reforma agrária, a exemplo de Minas Gerais”, acrescentou.

O superintendente da SFA-MS, Celso Martins, falou sobre as novas atribuições do Ministério da Agricultura frente ao Programa Nacional do Crédito Fundiário (PNCF). “O Mapa assumiu o Programa e temos uma série de desafios para ampliar o seu alcance e efetividade”, comentou o titular da Semagro.

Também foi aproveitada a oportunidade para reforçar a importância da integração das propriedades da agricultura familiar na campanha e erradicação da febre aftosa deste ano, bem como a oportunidade dada aos pecuaristas de atualizar o cadastro da propriedade e do rebanho, pagando uma taxa diferenciada pelo excedente, sem que seja gerado auto de infração. Ao acessar o sistema da Iagro, o e-Saniagro, para realizar o registro de vacinação, os pecuaristas deverão colocar em dia as informações sobre a propriedade e atualizar o número de animais que compõe o seu rebanho, seja de bovinos ou bubalinos.

“Acolhendo sugestão dada durante a reunião do CEDRS, vamos intensificar a divulgação do cadastramento para os agricultores familiares, tirando as dúvidas que existirem. É fundamental que tenhamos a participação de todos os proprietários rurais nessa ação”, finalizou Jaime Verruck.

Por fim, foram homologados os credenciamentos das empresas de Assistência Técnica aprovados Ad-Referendum em reunião da CATER no dia 08/02/2019; o credenciamento da OPORTUNA Consultoria LTDA-ME, CNPJ 15.790.171/0001-39 junto à ANATER; o credenciamento da OPORTUNA Consultoria LTDA-ME, CNPJ 15.790.171/0001-39 junto ao SIATER; o credenciamento da PLANTEC Projetos, Planejamento e Assistência Técnica LTDA, CNPJ 16.042.137/0001-49 junto ao SIATER e a renovação do credenciamento da SECAF Consultoria e Assessoria para a Agricultura Familiar LTDA-ME, CNPJ 08.855.485/0001-07 junto ao SIATER.

Deixe seu Comentário

Leia Também

A DONA DO PEDAÇO
Maria da Paz decide vender bolos na rua para sobreviver
MATO GROSSO DO SUL
Congresso Internacional debate pautas para próxima eleição
SENADO
Comissão analisa prioridade de matrícula para vítimas de violência doméstica
RURAL
Prorrogado prazo para cadastramento de áreas para plantio de milho em Mato Grosso do Sul
BRASIL
Bolsonaro diz que Câmara votará porte de arma para produtor rural
DOURADOS
Prevendo avanços, políticos conhecem Sisfron em Dourados
LOTERIA
Mega-Sena pode pagar R$ 3 milhões em sorteio amanhã
MAIS ALTA DO PAÍS
UFMS cobra R$ 7 mil para revalidar diploma estrangeiro e MPF quer diminuição do valor
LARANJA
Suspeita de fraudar contas, candidata foi 100% financiada por recursos públicos
BRASIL
Mantega virá réu na Justiça Federal por fraudes de R$ 8 bi no BNDES

Mais Lidas

DOURADOS
Preso em operação estava sob monitoramento por assalto
DOURADOS
Vereadora vai à delegacia e diz ser vítima de atentado
DOURADOS
Ciclista atropelado na Marcelino morre após meses de tratamento
DOURADOS
Preso é encontrado morto na PED em mesmo raio onde ocorreu pente-fino
Rapaz estava enforcado em uma das celas da unidade penal