Menu
Busca quinta, 19 de julho de 2018
(67) 9860-3221

Bancada consegue liberação de recursos aos municípios em emergência

26 maio 2011 - 15h23

O governo federal emitiu nesta quarta-feira, 25, as ordens bancárias para o pagamento de R$ 5 milhões destinados a recuperação de danos provocados pelas chuvas que caíram entre outubro do ano passado e março deste ano. O valor foi solicitado por prefeitos dos municípios em situação de emergência e pela bancada federal no dia 21 de março ao secretário Nacional de Defesa Civil, Humberto Viana.


“Entendendo as graves dificuldades enfrentadas pelos municípios em decorrência das chuvas, todos os deputados e senadores se mobilizaram para garantir os recursos”, afirmou o deputado Geraldo Resende, coordenador da bancada de Mato Grosso do Sul. O valor até então previsto para a recuperação de estradas vicinais e pontes era de R$ 30 milhões, destinados ao governo do Estado.


Em audiência no Ministério da Integração, os prefeitos de municípios em estado de emergência, reivindicaram outro aporte de recursos para atender as demandas das cidades. “Os principais estragos foram nas áreas de responsabilidade das administrações municipais, sabemos que o governador André Puccinelli vai atender os prefeitos, mas os municípios também necessitam de recursos”, disse Geraldo, reafirmando o papel da bancada na alocação dos recursos.


Bancada


“Aceitei ser coordenador da bancada por este motivo, sempre trabalharmos juntos, deputados e senadores, pois representamos todos os municípios do Estado”, diz Geraldo Resende.


Os recursos serão creditados até o final de semana nas contas das seguintes Prefeituras: Alcinópolis – R$ 150 mil; Anastácio – R$ 400 mil; Aquidauana – R$ 500 mil; Bandeirantes – R$ 160 mil; Chapadão do Sul – R$ 180 mil; Corguinho – R$ 140 mil; Coxim – R$ 300 mil; Dois Irmãos do Buriti – R$ 300 mil; Figueirão – R$ 160 mil; Ivinhema – R$ 190 mil; Maracaju – R$ 190 mil; Miranda – R$ 320 mil; Nioaque – R$ 190 mil; Nova Alvorada do Sul – R$ 160 mil; Paranaíba – R$ 340 mil; Ribas do Rio Pardo – R$ 220 mil; Rio Verde – R$ 240 mil; Rochedo – R$ 140 mil; Santa Rita do Pardo – R$ 150 mil; São Gabriel do Oeste – R$ 200 mil; Terenos – R$ 180 mil; e Sidrolândia – 190 mil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BANCO CENTRAL
Quase 20% da população ainda guarda moedas em casa
MATO GROSSO DO SUL
Programa de Prevenção e Controle do Complexo teníase – cisticercose é criado em MS
PORTUÁRIO
Grupo quer ajuda do Estado para construir novo terminal em Porto Murtinho
EDUCAÇÃO
Alteração de dados no Fies: tire suas dúvidas
CAPACITAÇÃO
IEL apresenta a empresários soluções em gestão e treinamento de lideranças
OPERAÇÃO ECHELON
Facção tem "casa de apoio" para presos em MS
FRONTEIRA
Inquérito vai apurar qualidade da água fornecida para a população de Coronel Sapucaia
ECONOMIA
Soja responde por 16% das exportações brasileiras no semestre
SAÚDE
Apesar de "ambiente seguro", populares devem se alertar contra o sarampo em Dourados
CAMPO GRANDE
Escola Senai da Construção oferece 210 vagas em 5 cursos gratuitos

Mais Lidas

DOURADOS
“Aqui é PCC!”, disseram atiradores que mataram dupla
DOURADOS
Maconha apreendida em caminhão e casa no Água Boa totalizou mais de 4,3t
CAMPO GRANDE
Douradense é preso acusado de ser mandante de tentativa de roubo de avião
PONTA PORÃ
Jovem diz que recebeu 25 kg de maconha como pagamento por sexo