Menu
Busca segunda, 17 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221
CAMPO GRANDE

Após 17 dias, gêmeas siamesas ligadas pelo tórax morrem em hospital

20 janeiro 2020 - 22h05Por Da Redação

As irmãs siamesas Maria Júlia e Luna Vitória, que nasceram ligadas pelo tórax na Santa Casa de Campo Grande, no dia 3 de janeiro deste ano, morreram na noite deste domingo (19), no hospital onde estavam internadas na UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

Segundo o site Midiamax, as gêmeas tiveram uma parada cardiorrespiratória. Foi feita a tentativa de reanimação das irmãs, mas sem sucesso, segundo a assessoria de comunicação do hospital.

As gêmeas estavam internadas na UTI Neonatal da Santa Casal. Elas nasceram ligadas pelo tórax. As irmãs estavam recebendo antibióticos, alimentação parenteral e sendo devidamente acompanhadas por equipes de cirurgia pediátrica, torácica e cardíaca, além das especialidades clínicas.

No último fim de semana, as gêmeas receberam transfusão de sangue por apresentarem anemia e os antibióticos foram trocados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
Acadêmicos da Unigran podem estudar na Espanha
CAARAPÓ
Carro é apreendido transportando 50 pneus contrabandeados
FISCALIZAÇÃO
Procon notifica 56 postos de combustível a prestar informações sobre estoque e preços
MS
Exportações de soja e milho caem em janeiro
DOURADOS
Propostas para construir bases de 190 casas variam quase meio milhão de reais
BRASIL
Anvisa descarta suspeita de coronavírus em navio no Porto de Santos
MS
PF cita prioridade em investigação sobre suposto atentado contra deputado federal
UNIVERSIDADE
UEMS abre 551 vagas para 32 cursos em 13 cidades
ESTADO
Plantio do milho segue atrasado em comparação com safra anterior
TRÁFICO
Veículo roubado em SP é apreendido com 80kg de maconha

Mais Lidas

VILA SÃO BRÁS
Venezuelanos são flagrados consumindo maconha em bairro de Dourados
DOURADOS
Ferido com tiro no peito, entregador chega pilotando moto na UPA
DOURADOS
VÍDEO: Internos 'batem grade' e queimam colchões em princípio de rebelião na Unei
DOURADOS
Líderes de motim que causou estragos na Unei são levados à delegacia