Menu
Busca quinta, 22 de agosto de 2019
(67) 9860-3221
TECNOLOGIA

Aplicativo vai reunir informações sobre a cultura dos povos Kaiowá e Guarani

07 outubro 2017 - 10h49Por Da Redação

Segunda maior população indígena do país, os guarani kaiowá enfrentam o risco de repetir a história de outros povos que tiveram sua cultura material e imaterial perdidas para sempre. O projeto Ja’e – A força da cultura Kaiowá/Guarani, do Capi (Centro de Apoio e Pesquisas Indigenistas) vem para promover esse resgate. Com recursos do Funles (Fundo de Defesa e Reparação de Interesses Difusos e Lesados) o projeto pretende reunir em um aplicativo para smartphones e em um site na Internet todo patrimônio cultural desses povos. A palavra Ja’e significa “nossa voz” em guarani.

José Francisco Sarmento, presidente do Capi, explica que o aplicativo vai reunir arquivos de áudio, vídeo e fotografias das danças, rituais, vestimentas, enfim, tudo o que se refere ao uso e costumes dos povos guarani e kaiowá. E por meio de reproduções tridimensionais, resgatar utensílios e objetos que já não existem mais, como o cachimbo sagrado Pentyguá, usado em rituais religiosos. (foto da capa).

Sarmento explica que já possui um vasto banco de dados com fotos e informações sobre esses povos, coletados durante mais de 20 anos de pesquisas. O recurso do Funles, de R$ 55.562,00, vai possibilitar que se complete essa pesquisa e se desenvolvam o site e o aplicativo para disponibilizar as informações a todas as pessoas.

As pesquisas de campo acontecerão nas aldeias de Japorã, Dourados e Caarapó. Também serão levantadas informações no Cedoc (Centro de Documentação Indígena Teko Arandu) da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), de Campo Grande. “O projeto propõe a recuperação de muitos dados, inclusive envolvendo a confecção em modelagem 3D de objetos que não existem mais e podem ser reproduzidos baseados em depoimentos de anciãos, assim como a história que pode ser viabilizada com recurso audiovisual. A visibilidade desse material pode ajudar na reparação de uma dívida histórica que temos com todos esses povos”, diz Sarmento ao justificar a importância do projeto.

O Funles

O Projeto Ja’e – A Força da Cultura Kaiowá/Guarani é um dos nove projetos financiados pelo Funles nesse primeiro edital desde a criação do fundo, há 11 anos. O Fundo patrocina projetos em cinco eixos de investimentos: Meio Ambiente; Consumidor, a Ordem Econômica e a Livre Concorrência; Aos Direitos de Grupos Raciais, Étnicos ou Religiosos; Bens e Direitos de Valor Artístico, Histórico, Estético, Turístico e Paisagístico; Patrimônio Público e Social e Outros Interesses Difusos.

As receitas que compõem o Fundo são provenientes de indenizações decorrentes de condenações judiciais por danos causados a bens e direitos, multas judiciárias, indenizações e compensações previstas em acordos coletivos, inclusive termo de ajustamento de conduta, bem como multas por descumprimento desses acordos. O Fundo também pode receber contribuições e doações de pessoas físicas ou jurídicas, nacionais ou estrangeiras. Qualquer entidade, organismos oficiais e instituições de pesquisa podem apresentar projetos pleiteando recursos do fundo.

A assinatura dos convênios aconteceu na manhã desta quinta-feira (5), na Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).

Deixe seu Comentário

Leia Também

AGENDA EM MS
Ministro das Relações Exteriores estuda instalação de escritório do Itamaraty em MS
BRASIL
PGR empossa líder de lista tríplice como procurador-geral do trabalho
TJMS
Feriado do Servidor Público é transferido para o dia 10 de outubro
BRASIL
PF abre inquérito para investigar indícios de sabotagem em sistemas do MEC
MS
Mais três novas frentes são criadas por deputados estaduais
CRIME AMBIENTAL
Desmatamento irregular gera multa de R$ 9 mil a homem
BRASIL
No Senado, CCJ realiza último dia de debates sobre Previdência
ASSEMBLEIA
Deputados aprovam projetos de lei e de emenda constitucional
DOURADOS
Hospital da Vida tem nova captação de órgãos
FLAGRA
Comboio com contrabando é apreendido em MS

Mais Lidas

POLÍCIA
Travesti furta veículo e é presa em Dourados
BR-163
Pedaço de pneu na pista causou acidente com morte que envolveu quatro carretas
CAARAPÓ
Colisão frontal entre carretas deixa um morto na BR-163
CAARAPÓ
Ferido em acidente com morte na BR-163 é transferido para Dourados