Menu
Busca domingo, 16 de junho de 2019
(67) 9860-3221
CRIME AMBIENTAL

Vigilante é multado em R$ 1,5 mil por manter aves silvestres em cativeiro

12 junho 2019 - 20h20Por Da redação

Policiais Militares Ambientais de Aparecida do Taboado autuaram um vigilante de 29 anos por manter três aves silvestres ilegalmente em cativeiro. A PMA realizava fiscalização na cidade de Selvíria, quando localizou nesta quarta-feira, dia 12 de junho, as aves que eram mantidas em cativeiro sem autorização ambiental.

Duas aves da espécie curió (Oryzoborus angolensis) e uma da espécie pássaro-preto (Molothrus oryzivorus) estavam em gaiolas na residência do infrator e foram apreendidas.

O infrator, residente em Selvíria, foi autuado administrativamente e multado em R$ 1.500,00. Ele foi conduzido, juntamente com as aves e gaiolas apreendidas, à delegacia de Polícia Civil daquela cidade e responderá por crime ambiental.

Se condenado, poderá pegar pena de seis meses a um ano de detenção. Os animais serão encaminhados ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS), na Capital.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSOS
Munik Nunes posa de body de renda e fãs falam de abuso de photoshop
ECOLOGIA
Número de turistas internacionais em Mato Grosso do Sul cresce 14% em 2018
FUTEBOL
Com triunfo sobre a Bolívia, Brasil chega à 100ª vitória na Copa América
ANASTÁCIO
Policial desconfia de negociação de jet ski e dupa é presa com arma e mais de R$ 13 mil
MUNDO
Hong Kong recua sobre lei que permite extradições para China
CAMPO GRANDE
Homem é assassinado por ex-marido da mulher durante encontro
MALHAÇÃO
Cleber e Anjinha se estranham e namoro fica ameaçado: 'Eu vou desistir'
ASSEMBLEIA
Escola Bilíngue para Surdos passa pela CCJR e segue a plenário
IMUNIZAÇÃO
Campanha de vacinação contra aftosa encerra neste sábado em MS
CAMPO GRANDE
Internado com suspeita de H1N1, homem morre em hospital e pode ser 15ª vítima em MS

Mais Lidas

POLÊMICA
Dono da Havan manda “recado” a manifestantes após protesto em frente a loja de Dourados
DOURADOS
Jovem é preso com arma de fogo após disparar e errar tiros contra desafeto da mãe
CARUMBÉ
Morto em colisão frontal contra caminhão tinha 58 anos
DOURADOS
Polícia suspeita que grupo tenha assassinado tio e sobrinho na aldeia