Menu
Busca quinta, 23 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221
BELA VISTA

Trabalhador procura polícia para denunciar trabalho escravo em carvoaria

16 julho 2019 - 21h35Por G 1

Um trabalhador registrou boletim de ocorrência nesta terça-feira, dia 16 de julho, na Delegacia de Polícia Civil de Bela Vista, cidade localizada na região de fronteira com o Paraguai, denunciando que trabalhava em condições precárias em uma carvoaria em uma fazenda do município. A vítima disse que foi contratada para trabalhar como operador de motosserra.

O trabalhador disse que no local, ele e outras pessoas ficavam em um acampamento sem energia elétrica e que recebiam uma água escura pra beber e para cozinhar, não tinham jornada de trabalho definida e que o empregador até comprava alimentos e gasolina, mas descontava nos salários.

Ainda segundo a denúncia, há 90 dias ele não recebia pelo serviço. Ele disse que todos estavam isolados no local e para registrar a ocorrência, teria fugido a pé. De acordo com o Ministério Público do Trabalho (MPT), essa é uma situação análoga à escravidão. O procurador do trabalho Jeferson Pereira disse que o procedimento seguinte deve ser instaurar um inquérito.

“Quando um trabalhador é submetido a condições degradantes, tanto a própria parte pode comunicar como o próprio órgão policial, que recebeu o boletim de ocorrência, pode encaminhar para o Ministério público para que seja instaurado um procedimento investigatório a fim de verificar essa irregularidade e tomar as providências", explicou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EM MIRANDA
Ação conjunta apreende 8,7 kg de cocaína na região Noroeste de MS
BRASIL
Aumenta número de afetados pela chuva no Espírito Santo
MS
Saúde convoca hospitais privados para orientar sobre dengue, zika e chikungunya
TRÁFICO
‘Espaço de lazer’ em Dourados era usado para guardar drogas e abrigar fugitivos
DOURADOS
Dois são presos em Itahum por tráfico de drogas e suspeita de furtos
ESTADO
MP vai à Justiça para barra porto na fronteira de MS
BRASIL
Arrecadação federal com impostos chega a R$ 1,537 trilhões em 2019
BRASIL
Mantida prisão de denunciado por ocultar armas pertencentes a acusado de assassinar vereadora Marielle Franco
POLÍCIA
Suspeito de vários crimes morre em confronto com a Força Tática
DOURADOS
UFGD anuncia campanha contra o trote

Mais Lidas

UFGD
Aluna branca aprovada em Medicina como indígena aponta engano na inscrição
VILA ROSA
Homem morre após ser atingido por facada no pescoço em bairro de Dourados
EMPREGO
Empresa abre 136 vagas para classificadores de grãos em Dourados e região
CRIME
EXCLUSIVO: Sucessor de Minotauro é trazido para Dourados em meio a crise penitenciária na fronteira