Menu
Busca segunda, 18 de junho de 2018
(67) 9860-3221
DOURADOS

Tiroteio no Canaã IV termina com homem ferido

09 novembro 2017 - 08h27Por Adriano Moretto e Osvaldo Duarte

Antônio Espíndola Neto, 22, acabou baleado na noite de quarta-feira (8) após tiroteio ocorrido no Jardim Canaã IV, em Dourados. O fato aconteceu por volta de 20h30 na rua José Jovino Salgueiro.

De acordo com as informações do boletim de ocorrência, policiais militares receberam a informação da troca de tiros na região e se deslocaram até lá.

Ao chegarem no endereço, foram avisados de que uma pessoa teria ficado ferida e encaminhada para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) por familiares. No local a PM encontrou uma Honda CG Titan preta e nove cápsulas deflagradas, sete calibre 380 e outras duas .40.

Várias rondas ocorreram pela região, porém, ninguém foi encontrado. Também não há informação de quantos tiros atingiram Neto. O caso é investigado pela polícia.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

TV
Faustão critica presidente da Globo: "é proibido falar 'Projac'"
SELEÇÃO BRASILEIRA
Empate não abala confiança do grupo, afirmam atletas
ECONOMIA
Saques do PIS/Pasep colocarão R$ 34,3 bilhões na economia
BR-163
Homem morre em UPA após ser encontrado sangrando em rodovia
Vítima chegou foi socorrida por bombeiros
BRASIL
Petrobras reduz em 1,24% o preço da gasolina nas refinarias
CAPITAL
Três acusados de tentativa de homicídio por vingança vão a júri
SEM MOTIVOS APARENTES
Morador é esfaqueado depois de ter a casa invadida por grupo armado
Os três moradores da residência, segundo informações, foram agredidos pelos criminosos
ECONOMIA
MS bate recorde na contratação do FCO em cinco meses de 2018
SOLIDARIEDADE
Douradense busca ajuda para conseguir manter a família
DOURADOS
Polícia fecha boca de fumo e prende homem no Clímax

Mais Lidas

ATENTADO
Suspeitos de atentado contra prefeito de Paranhos são presos
TRÁFICO
Douradense é preso após abandonar veículo carregado com maconha na BR-463
DOURADOS
Homem morre após acidente na Guaicurus
PEDRO JUAN
Jovem dado como morto pela família fronteira aparece no próprio velório