Menu
Busca quinta, 23 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221
FRONTEIRA

Suspeito de ter matado homem encontrado boiando em rio é preso

18 julho 2019 - 06h15Por Da Redação

Suspeito de ter matado Assunção Ojeda, de 47 anos, em uma assentamento de Ponta Porã, em maio deste ano, Antônio Ferreira Bianco Neto, foi preso nesta quarta-feira, dia 17 de julho, em Foz do Iguaçu, no Paraná.

Ele foi preso por investigadores do SIG (Setor de Investigações Gerais) da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul com o apoio da Denarc (Divisão Estadual de Narcóticos da Polícia Civil) do Paraná.

Sgundo o site Campo Grande News, além da morte de Assunção, o foragido também é apontado como autor de um outro homicídio em Dourados, segundo o delegado Mikaill Alessandro Gouvea Faria. Mais detalhes sobre o segundo homicídio, no entanto, não foram divulgados.

O caso

Ojeda foi encontrado boiando nas águas de um rio em Ponta Porã, cidade localizada na fronteira com o Paraguai, no dia 28 de maio. As ultimas informações adquiridas pela família da vítima após o desaparecimento era de que ele e um homem, teriam sido visto bebendo em um bar na área comercial do assentamento Nova Itamarati.

Três dias antes o veículo de Ojeda, um GM/Celta, já havia sido encontrado incendiado nas proximidades da ponte de acesso ao assentamento Nova Era, mas somente no dia (28) os agentes encontraram o corpo boiando nas águas. Ojeda teria sido morto com golpes de facão e em seguida jogado no rio.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EVENTO
Turismo do MS é apresentado ao mercado norte-americano
BRASIL
STJ definirá se transportador pode perder veículo em razão do transporte, por terceiro, de mercadoria sujeita à mesma pena
BRASIL
Governo aguarda ajuste do TCU para contratar militares da reserva
MS
Viciados levam polícia até boca de fumo repleta de objetos roubados
BRASIL
Ministério da Saúde descarta caso de Coronavírus no país
DOURADOS
Clube de tiro promove show de comédia de nível nacional pelo segundo mês consecutivo
JANEIRO
Em média, uma pessoa contraiu dengue a cada dois dias em Dourados
STF
Fux extingue processo em que Suzane Richthofen buscava suspender publicação de biografia não autorizada
ESTADO
Mãe será indenizada após esperar liberação do corpo da filha por oito meses
ECONOMIA
Consumidores brasileiros esperam inflação de 5% nos próximos 12 meses

Mais Lidas

UFGD
Aluna branca aprovada em Medicina como indígena aponta engano na inscrição
VILA ROSA
Homem morre após ser atingido por facada no pescoço em bairro de Dourados
EMPREGO
Empresa abre 136 vagas para classificadores de grãos em Dourados e região
CRIME
EXCLUSIVO: Sucessor de Minotauro é trazido para Dourados em meio a crise penitenciária na fronteira