Menu
Busca domingo, 21 de abril de 2019
(67) 9860-3221
JULGAMENTO

Rapaz que matou homem por ciúmes pega 16 anos e 6 meses de prisão

17 outubro 2017 - 18h50

O réu Heverton Nascimento de Oliveira, de 31 anos, acusado de matar Luiz Carlos Carneiro, de 45 anos, foi condenado na tarde desta terça-feira (17), por homicídio qualificado, à 16 anos e seis meses de reclusão, em regime fechado.

O julgamento ocorreu na 1ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande e foi presidido pelo Juiz de Direito Carlos Alberto Garcete de Almeida.

Durante o Tribunal de Júri, o Promotor de Justiça José Arturo Iunes Bobadilha Garcia, defendeu que o crime foi cometido por motivo torpe, pois agiu compelido pelo ódio vingativo em decorrência do ciúme doentio que tinha pela sua companheira Maristela Romeiro Rocha e mediante recurso que dificultou a defesa da vítima.

Crime

No dia 23 de outubro de 2016, por volta das 17h30, no Bairro Nova Lima, Heverton matou Luiz Carlos, com vários disparos de arma de fogo.

Ao ser abordado pela polícia, o réu Heverton confessou o crime. A arma usada no assassinato também foi localizada pelos policias. O revólver estava escondido em uma casa na Rua Margarida Ferreira de Souza.

O rapaz foi preso em flagrante por posse irregular de arma de fogo e levado à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSOS
Luana Piovani comenta o fim dos likes no Intagram com foto barriga: "Sou mil vezes essa imagem"
POLÍCIA
Homem é encontrado morto no Rio Dourados
ESPORTES
Águia Negra é tricampeão e comemora em casa
ESPORTES
Corinthians é tricampeão Paulista
ESPORTES
Flamengo vence o Vasco por 2 a 0 e é campeão carioca
MUNDO
Eleições da Ucrânia se encerram às 17h; Leia sobre favoritos
MS
Rapaz bêbado e ensanguentado pula muro, invade casa de PM e diz estar fugindo de briga
BRASIL
Bolsonaro condena ataques no Sri Lanka
MS
Homem é autuado por transporte de pescado ilegal
MS
Bebê nasce na BR-163/MS à caminho de hospital

Mais Lidas

POLÍCIA
Mulher de 41 anos é assaltada e estuprada próximo à feira-livre
DOURADOS
Rapaz é ferido com duas facadas e socorrido ao HV
DOURADOS
Indígena que morreu atropelada na MS-156 tinha 25 anos
POLÍCIA
Casal é preso por tráfico, após entrega de crack, no Cachoeirinha