Menu
Busca segunda, 13 de julho de 2020
(67) 99659-5905

Quatro ladrões são presos por roubo de R$ 35 mil

21 maio 2011 - 14h18

Quatro pessoas foram presas pelo roubo de R$ 35 mil na saída do banco Bradesco, na avenida Coronel Antonino, em Campo Grande. A vítima é funcionária da empresa Consórcio Nacional Shopping Norte Sul Plaza e o dinheiro seria para o pagamento de serviços de pintura aos funcionários da empreiteira.
A Derf (Delegacia Especializada de Repressão aos Roubos e Furtos) prendeu os ladrões duas horas e meia depois do roubo, registrado às 15h30 de ontem. As prisões foram em dois bairros: Cidade Morena e Arnaldo Estevão de Figueiredo.
Outros dois integrantes da quadrilha estão foragidos. A polícia recuperou R$ 8.100. De acordo com o delegado Fábio Peró, era a primeira vez que o grupo agia naquela agência.

“Eles agiam nas agências da região central e começaram a ser monitorados pela polícia no começo do ano”, afirma. Porém, desconfiados da investigação, eles trocaram o local de atuação. O grupo participou de pelo menos outros sete roubos, conhecidos como “saidinha de banco”.

O delegado explica que o grupo se dividia entre as "olheiras" – mulheres que entram no banco em busca de vítimas – e os executores – homens que faziam os roubos.

As "olheiras" chegavam à agência bancária por volta das 15h. Uma ou duas ficam do lado de fora para alertar sobre a presença policial. Dentro do banco, as outras procuravam vítimas. “Ficam enrolando dentro da agência. Sai da fila para ir ao balcão de atendimento.

Fazendo hora”, explica o delegado.No roubo, as mulheres viram quando a vítima saiu do banco com uma sacola de supermercado e ligaram para o comparsa. O homem foi roubado próximo à agência, quando já estava dentro do seu veículo.

O assaltante estava armado com revólver. “Nos roubos, eles levam mil reais R$ 6 mil, R$ 25 mil”, aponta Peró. A maior parte do dinheiro fica com os autores do roubo. A segunda maior parcela vai para a “olheira” que lidera a quadrilha, enquanto as demais mulheres recebem entre R$ 300 e R$ 500 por assalto.

Os presos vão responder por roubo qualificado e formação de quadrilha. A polícia procura pelos foragidos e não divulgou os nomes dos presos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA
Homem bate em filha de 11 anos e ameaça matar esposa em Juti
POLÍTICA
Fiocruz e dois hospitais devem criar protocolos para eleições, diz TSE
DOURADOS
Dagata, Willian e Igor fazem live para celebrar Dia Mundial do Rock
TRÁFICO DE DROGAS
Drogas são apreendisas durante operação em duas cidades
BRASIL
Polícia indicia suspeito de matar Marielle por tráfico de armas
ARTIGO
O presidente sul-mato-grossense que não renunciou às suas origens
DOURADOS
Sindicato de professores afirma ser contra volta às aulas remotas na UFGD
DOURADOS
Atirador chegou em igreja na hora da comunhão e entrou dizendo ter feito bobagem
DOURADOS
CCZ aplica mais R$ 47 mil em multas e nem município escapa da punição
MATO GROSSO DO SUL
Governo abre processo seletivo para Peritos Médicos Legistas e Peritos Criminais

Mais Lidas

BARBÁRIE
Homem assassina ex, atira em crianças e se mata no altar de igreja em Dourados
DOURADOS
‘Deus no comando amem’: antes de crimes, atirador postou pregação religiosa
DOURADOS
Atirador baleou criança de quatro anos na cabeça ao abrir fogo para matar ex-mulher
PANDEMIA
Em dia com quase 100 novos casos, Dourados tem mais uma morte por coronavírus