Menu
Busca terça, 20 de novembro de 2018
(67) 9860-3221
ESPECIALIZADA

Quadrilha roubou quase 40 veículos durante quatro meses em Dourados

08 novembro 2018 - 10h40Por Adriano Moretto e Osvaldo Duarte

Quadrilha especializada no roubo de veículos em Dourados é responsável por pelo menos 38 vítimas no município ao longo de aproximadamente quatro meses. Os dados foram repassados ao Dourados News nesta quinta-feira (8/11) pelo delegado do SIG (Setor de Investigações Gerais), Rodolfo Daltro.

Do grupo, composto por oito pessoas, dois morreram em confronto com a polícia e dois estão presos.

Já quatro criminosos ainda se encontram foragidos, porém, identificados e com mandados de prisão expedidos pela Justiça. 

Hoje pela manhã, o delegado apresentou duas pessoas presas na tarde de quarta (7/11), na região da Sitioca Campo Belo, por envolvimento nesses crimes. 

Um deles, Rener Pimentel, 21, é considerado de alta periculosidade e possuía sete mandados de prisão expedidos contra ele. O outro é Adriano Aparecido Souza Plácido, 35, que estava na companhia do rapaz e participou da ação orquestrada pelo comparsa na terça-feira, quando duas motos foram roubadas no município. Com eles os policiais apreenderam um revólver calibre 22.

No momento do flagrante, ambos tentavam fugir para a região de fronteira. 

Na ocasião, duas mulheres foram detidas dentro de um táxi que daria o suporte aos suspeitos. Elas prestaram depoimento e liberadas posteriormente. 

A quadrilha 

De acordo com Rodolfo Daltro, a quadrilha agia em oito pessoas e os assaltos começaram em junho. “Desde junho detectamos vários roubos a caminhonete e automóveis, todos de formas semelhantes”, contou. 

Além dos carros de luxo, o grupo também realizava roubos a motos de altas e baixas cilindradas.
“São oito roubos a carros de luxo e 10 de motos acima de 300cc, além de 20 roubos de motos com cilindradas mais baixa, como Titan e Biz”, disse o delegado. Os veículos de baixa cilindradas eram usados, na maioria das vezes, para cometer outros assaltos.

Rener tinha como comparsas Rodrigo Ferreira Dias, conhecido como ‘R3’ e Arthur Rodrigues Neto, o ‘Mizuno’, mortos em confronto com a polícia no dia 25 de outubro, na ‘favelinha’ do bairro Estrela Verá.

Ele também é apontando pela participação na tentativa de assalto ao então candidato ao Senado, Nelsinho Trad, ocorrido em frente a um hotel de Dourados, no dia 23 de setembro. 

Na ocasião, os criminosos levaram a pistola .40 usada pelo segurança do senador eleito, recuperada durante perseguição a um adolescente paraguaio, que atuava ao lado do criminoso após os óbitos de seus comparsas.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Laryssa Ayres exibe curvas em ensaio fotográfico de biquíni
CAMPO GRANDE
Motorista briga em tabacaria, foge, bate em 4 carros, mas acaba solta
ECONOMIA
Estudantes têm até sexta-feira para renovar contrato do Fies
BATAYPORÃ
Família volta a pedir ajuda para salvar a vida do garoto Davi Samuel
DESCONTOS
Confira 10 dicas para fugir de furadas apresentadas na Black Friday
CAMPO GRANDE
Jovem de 22 anos morre após colisão entre moto e caminhonete
NOVA ALVORADA
Justiça bloqueia bens de políticos e empresários por compra de farinha
EDITAL
Programa Mais Médicos oferece 8.517 vagas a partir de quarta-feira
URGÊNCIA
Senadores tentam votar projeto que enfraquece a Lei da Ficha Limpa
ANASTÁCIO
Mulher é agredida a socos por não levar comida de festa para marido

Mais Lidas

DOURADOS
Antes de ser assassinado, homem passou por ‘tribunal do crime’
DOIS MESES DEPOIS
Acusados de matar rapaz em Dourados serão apresentados hoje
MARCELO PILOTO
Traficante brasileiro é expulso do Paraguai após matar mulher em cela
VILA SÃO BRÁS
Mulher acorda e flagra ladrão dentro de casa em Dourados