Menu
Busca sexta, 20 de abril de 2018
(67) 9860-3221
BANNER CRA

Punição a policial que se negou a custodiar presos é anulada

11 dezembro 2003 - 17h58

A 2ª Seção Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, na sessão de julgamento realizada nesta quinta-feira, por maioria de votos, acolheu o pedido contido no Mandado de Segurança nº 2003.008086-4, impetrado pelo Sindicato dos Policiais Civis do Estado-SINPOL/MS contra o ato do Secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública que aplicou punição ao agente de polícia José Teodoro de Souza. A impetração visava anular a suspensão de 60 dias, convertida em multa, que foi imposta ao policial, resultante do processo administrativo instaurado em razão de ter se recusado a custodiar presos na cadeia pública da delegacia municipal de Pedro Gomes, onde era lotado.O relator do processo, Des. Paulo Alfeu Puccinelli, em seu voto, entendeu que a atividade de custódia de presos, por lei, não compete ao agente de polícia, e sim ao pessoal do quadro de servidores ligados ao Departamento de Sistema Penitenciário, mais especificamente aos agentes penitenciários ou a quem for contratado e devidamente preparado para a função. Acrescentou o relator que compete à Polícia Civil exercer as atividades inerentes à polícia judiciária, como a de apurar as infrações penais, vedada a designação para funções estranhas à carreira, de modo que a incumbência para custodiar presos constitui-se em desvio de finalidade, fundamentos pelos quais, contra o parecer do Ministério Público Estadual, deferiu o pedido pleiteado, anulando o ato de punição por entender ilegal, determinando ainda a restituição da multa, caso esta já tenha sido paga. Os demais membros do órgão julgador, desembargadores Tânia Garcia de Freitas Borges e Oswaldo Rodrigues de Melo, acompanharam integralmente o voto do relator, contra os votos dos desembargadores Elpídio Helvécio Chaves Martins e Hildebrando Coelho Neto.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Bicicleta é furtada em posto de saúde na Cabeceira Alegre
Furto aconteceu por volta das 15h de ontem (19)
JUSTIÇA
Cerca de 10 mil processos físicos serão convertidos para meio eletrônico na Justiça do Trabalho de MS
EDUCAÇÃO
Dia do livro é comemorado com semana de atividades coordenadas pelo curso de Pedagogia da UNIGRAN
PRIMEIRA ETAPA
Governador garante assinar licitação de Hospital Regional de Dourados em 15 dias
INDÚSTRIA
Em três meses, exportação de industrializados de MS já soma US$ 842,7 milhões
ELEIÇÕES 2018
“Quem vai decidir é o partido”, diz Reinaldo sobre possibilidade de Geraldo Resende disputar Senado
SOLIDARIEDADE
Dourados inaugura a primeira geladeira solidária nesta sexta-feira
ECONOMIA
IBGE aponta prévia da inflação oficial que ficou em 0,21% neste mês
RIGOR
Lei que aumenta pena para motorista embriagado entra em vigor
FEIRA
Drone e ferramentas artesanais fazem sucesso na 3ª edição da Tecnofam

Mais Lidas

DOURADOS
Estudante de medicina é preso com R$36 mil em notas falsas
BR-463
Polícia confirma morte de idoso em ataque de pistoleiros
DIREITOS HUMANOS
Esposas de presos denunciam agressões e Comissão vai até a PED
BR-463
Baleado é trazido ao HV e suspeita é de assalto em propriedade rural