Menu
Busca Quinta, 19 de Outubro de 2017
(67) 9860-3221
Corpal Novo site
MIRANDA

Proprietário rural é preso com arma de fogo e munições ilegais

12 Outubro 2017 - 14h37Por Da Redação

Durante fiscalização em uma estrada vicinal na zona rural do município de Bonito, nas proximidades do Distrito de Águas do Miranda, Policiais Militares Ambientais, que trabalham na operação Pesque Legal, dentro da operação Pacificador 67 (PMMS) prenderam nesta quarta-feira, dia 11 de outubro, um proprietário rural por porte ilegal de arma e munições.

O infrator de 79 anos, estava em uma caminhonete Toyota Hilux, onde foi encontrado um revólver marca Taurus, calibre 38, carregado com 4 munições. A arma e as munições não possuíam documentação e foram apreendidas.

O fazendeiro, residente em Bonito, foi preso e encaminhado, juntamente com o material apreendido, para a delegacia de Polícia Civil daquela cidade, onde ele foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma. A pena para esse crime é de dois a quatro anos de prisão.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPANHA
Campanha Compartilhe o Natal reúne parceiros e espera arrecadar 10 mil brinquedos
TRIBUNAL
Negado recurso sobre apólice de incêndio ocorrido em 2012
COTAÇÃO
Dólar fecha em alta sobre o real, em mais um dia de cautela
BRASIL
STJ manda soltar Carlos Arthur Nuzman, ex-presidente do COB
DOURADOS
Délia recebe relatório de auditoria na Educação e diz que terá mais respaldo para medidas severas
FEDERAL
Inscrições para o Vestibular da UFGD encerram amanhã
ABASTECIMENTO
Falta de energia deixa distritos de Dourados sem distribuição de água
BRASIL
Governo autoriza criação de 1,9 mil novas vagas de trabalho em universidades federais
DOURADOS
Encontro de Corais marca 10 anos do grupo de canto Caravana do Evangelho
ASSEMBLEIA
Aprovada criação do Fundo Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa

Mais Lidas

BATAYPORÃ
Carta deixada por pai que matou filha não tem relação com o crime
VENTO E TERRA
Ventos e ‘tempestade de terra’ deixa douradenses em estado de atenção
ESTRELA PORÃ
Pai é suspeito de ter estuprado a filha em Dourados
DOURADOS
Juiz manda prefeitura exonerar temporários e convocar aprovados em concurso