Menu
Busca Domingo, 17 de Dezembro de 2017
(67) 9860-3221
Reveillon - Clube Indaiá
CAMPO GRANDE

Professor é suspeito de usar whatsapp para aliciar e estuprar menino

12 Setembro 2017 - 07h30

O estupro de vulnerável cometido contra um menino de 12 anos, em Campo Grande é investigado e o principal suspeito é um professor de teatro de 55 anos. Ele foi preso no domingo por agentes do Grupo de Operações e Investigações (GOI) da Polícia Civil e da Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac).

Segundo o portal do jornal Correio do Estado, o caso foi descoberto pela mãe da vítima, após checagem no histórico de conversas do aplicativo de mensagens WhatsApp. O autor enviava mensagens de caráter sexual para o garoto e também é suspeito de violentar outro menino do grupo.

Segundo boletim de ocorrência registrado no domingo, a mãe desconfiou do comportamento do filho com relação ao professor, principalmente, porque nos últimos dias ambos estavam muito próximos.

Ainda conforme o Correio do Estado, o homem era tido como pessoa de confiança da família e não aparentava nenhum desvio de comportamento, tanto que tinha liberdade para falar com o garoto fora das aulas de teatro. Entretanto, depois de flagrar as conversas obscenas, a mulher procurou a polícia.

Na delegacia, o menino confessou com detalhes como ocorriam os estupros e disse que o professor fazia o mesmo com outro garoto.

Conforme relatado, em um dos casos, os dois tinham viajado para Ponta Porã com consentimento da mãe, já que não havia indícios de violência sexual. Ambos ficaram no mesmo quarto, na casa do irmão do autor.

Durante a noite, o menino acabou forçado a manter relações. Os atos passaram a acontecer com certa frequência, até mesmo no sábado, em plena via pública, dentro de um automóvel.

Diante do depoimento, a polícia foi até a casa do homem, situada em uma residência na região do Coronel Antonino, onde apreendeu o celular dele e notebooks. Junto do telefone da vítima, todo o material será periciado.

O menino foi encaminhado para exames de corpo de delito que possam comprovar os crimes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PLEITO
Crea/MS divulga resultado parcial da eleição para nova diretoria
FRUSTRADO
Mulher é assaltada quando chegava em casa na Vila Aurora
EXPANSÃO
Novo voo internacional ligará MS a nove países até 40% mais barato
DOURADOS
Após denúncia polícia fecha “Boca da Jéssica” no João Paulo II
POLÍTICA
Tucano que votar contra reforma da Previdência será punido, diz Alckmin
TRÁFICO
Homem é preso com 715 quilos de maconha na MS-276 em Indápolis
TELEVISÃO
Grazi Massafera já pensou em deixar de ser atriz; "não amava o que fazia"
ACORRENTADO
Recuperada caminhonete de homem encontrado no rio Dourados
EDUCAÇÃO
UFGD oferece 36 cursos de graduação pelo sistema do SISU
MESMO CRIME
Dois são condenados em processo envolvendo filho de desembargadora

Mais Lidas

2016
Polícia investiga possível homicídio em queda de avião no MS
HAYEL BON FAKER
Bilhete de pedágio “denuncia” e dupla é presa em Dourados após furto em Rio Brilhante
DOURADOS
Homem é preso após ser flagrado empurrando moto furtada
MANTIDO EM MS TAMBÉM
Governo mantém horário de verão para 2018, mas reduz tempo de duração