Menu
Busca terça, 07 de julho de 2020
(67) 99659-5905

Procurador de justiça que matou sobrinho vai a juri em CG

27 maio 2011 - 15h42

O juiz Alexandre Ito, da 1º Vara do Tribunal do Júri em Campo Grande, marcou para o dia 21 de junho o julgamento do procurador aposentado Carlos Alberto Zeolla, pelo asssinato do sobrinho, Cláudio Alexander Zeolla, ocorrido em março de 2009, na época com 23 anos.

Zeolla está preso desde o dia do crime em uma clínica para pacientes psiquiátricos.

Ele vai ser julgado por homicídio doloso qualificado pelo uso de recurso que impossibilitou a defesa da vítima. Também será julgado por entregar direção de veículo automotor a pessoa sem CNH (Carteira Nacional de Habilitação), um adolescente que virou testemunha do caso, que atuava como motorista de Zeolla no dia do crime.

O jovem poderá ser ouvido durante a audiência de julgamento. Essa possibilidade foi citada em despacho que consta do processo, analisando a possibilidade de concessão de liberdade ao procurador.

A análise foi durante o mutirão carcerário e o entendimento foi de que Zeolla deveria ficar preso, por ter ameaçado a testemunha em situação anterior.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PANDEMIA
MS tem quase 4,6 mil exames sem encerramento em plataforma
TRÁFICO
Carro com mais de 200kg de maconha é apreendido em MS
DOURADOS
Profissionais são convocados para contratação temporária no enfrentamento ao Covid-19
JUSTIÇA
Taxas de condomínio e IPTU são devidas até data de distrato do negócio
MATO GROSSO DO SUL
Com incêndio se propagando no Pantanal, tempo seco será crítico em MS até setembro
DOURADOS
Classificados em processo seletivo da Educação são convocados
PANDEMIA
Com sintomas, Bolsonaro diz que testou positivo para coronavírus
PANDEMIA
Com exames represados, Dourados tem mais 75 confirmações do novo coronavírus
PANDEMIA
MS confirma mais 434 novos casos de coronavírus e soma 128 óbitos
DOURADOS
Funsaud suspende visitas e acompanhantes aos pacientes do Hospital da Vida

Mais Lidas

DOURADOS
Antes do crime, homem que matou secretário havia sido demitido por não usar máscara
DOURADOS
Acusado de matar secretário em Dourados acaba preso em barreira sanitária
DOURADOS
Carro que atingiu ciclista pega fogo após bater em árvore ao lado de Avenida
DOURADOS
Adolescente pilota moto embriagado e tio morre após queda na Coronel Ponciano