Menu
Busca sábado, 21 de setembro de 2019
(67) 9860-3221

Procurador de justiça que matou sobrinho vai a juri em CG

27 maio 2011 - 15h42

O juiz Alexandre Ito, da 1º Vara do Tribunal do Júri em Campo Grande, marcou para o dia 21 de junho o julgamento do procurador aposentado Carlos Alberto Zeolla, pelo asssinato do sobrinho, Cláudio Alexander Zeolla, ocorrido em março de 2009, na época com 23 anos.

Zeolla está preso desde o dia do crime em uma clínica para pacientes psiquiátricos.

Ele vai ser julgado por homicídio doloso qualificado pelo uso de recurso que impossibilitou a defesa da vítima. Também será julgado por entregar direção de veículo automotor a pessoa sem CNH (Carteira Nacional de Habilitação), um adolescente que virou testemunha do caso, que atuava como motorista de Zeolla no dia do crime.

O jovem poderá ser ouvido durante a audiência de julgamento. Essa possibilidade foi citada em despacho que consta do processo, analisando a possibilidade de concessão de liberdade ao procurador.

A análise foi durante o mutirão carcerário e o entendimento foi de que Zeolla deveria ficar preso, por ter ameaçado a testemunha em situação anterior.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LOTERIA
Mega pode pagar prêmio de R$ 38 milhões hoje
AQUIDAUANA
Caçador é preso com cateto abatido e pescado fora da medida
FLAGRANTE
Dupla é presa com espingardas e munições dentro de veículo
ARTIGO
Doar órgãos é doar vida, expressão maior do amor
DOURADOS
Vacinação antirrábica tem dois pontos fixos em Dourados hoje
DOURADOS
Em meio a crise do transporte escolar, responsável pela frota é exonerado
FUTEBOL
Líder em campo, Corinthians e SP pressionados; 2º turno do Brasileirão começa hoje com 4 jogos
SETEMBRO AMARELO
Orações para Bobby será exibido e debatido hoje no Cineclube
CAMPO GRANDE
Mulher enciumada ataca atual namorada do ex a pedradas
BRASIL
PF indicia 13 pessoas por usar relatório fraudulento em Brumadinho

Mais Lidas

SETEMBRO AMARELO
Sem perceber sinais, Silvânia perdeu a filha e hoje reconhece a necessidade da escuta
BARBÁRIE
Após matar criança afogada, pai ligou para ex e inventou sequestro
DOURADOS
Bêbado é preso após bater carro e derrubar muro
POLÍCIA
Jovem é executado por pistoleiros em Ponta Porã