Menu
Busca terça, 16 de outubro de 2018
(67) 9860-3221
CONTRABANDO

PRF apreende 100 mil maços de cigarros contrabandeados do Paraguai

20 outubro 2017 - 13h35Por Da redação

Na tarde de ontem (19), a Polícia Rodoviária Federal (PRF), apreendeu em Rio Verde de Mato Grosso, 100 mil maços de cigarros contrabandeados do Paraguai sem documentação fiscal, na BR-419.

A droga estava no veículo VW/7.110, com placas de Campo Grande e estava sendo conduzido por um homem de 38 anos. A equipe encontrou no compartimento de carga do caminhão, 200 caixas de cigarros que totalizaram 100 mil maços. O prejuízo para o contrabando é de R$ 500 mil.

De acordo com informações da PRF, o motorista declarou que pegou o caminhão em Aquidauana e levaria até Coxim, onde receberia pelo transporte.

Os policiais encontraram ainda, um rádio telecomunicador, um celular e a quantia de R$ 954.

O veículo com o cigarro e condutor, foram encaminhados à Polícia Federal de Campo Grande.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Marina Moschen celebra aniversário com clique de biquíni em Noronha
CRIME AMBIENTAL
Fazendeiro paranaense é autuado por derrubada de árvores nativas
ELEIÇÕES 2018
TSE convoca campanhas dos presidenciáveis para debater notícias falsas
FRONTEIRA
Dona de bar é presa por prostituir adolescente de 14 anos
EDSON FACHIN
Ministro do STF arquiva inquérito sobre Zeca do PT e Blairo Maggi
PIONEIRO
Morre Paul Allen, cofundador da Microsoft, aos 65 anos
AMAMBAI
Prefeitura decreta situação de emergência por conta dos temporais
RURAL
Agroecologia é tema de feira internacional em Mato Grosso do Sul
Governo volta atrás e mantém início do horário de verão no dia 4
HU
Congresso de Ensino vai reunir estudantes e pesquisadores em Dourados

Mais Lidas

DOURADOS
Família busca notícias de mulher que abandonou carro e embarcou na rodoviária
JARDIM MONTE LÍBANO
Policiais douradenses são presos por assalto a família
FATALIDADE
Voluntário morre ao cair de “trenzinho” durante o Dia das Crianças em Dourados
QUADRILHA PRESA
Preso em assalto a família em Fátima do Sul mentiu o nome à polícia