Menu
Busca terça, 23 de outubro de 2018
(67) 9860-3221

Policial é executado com 19 tiros em posto de combustível

17 dezembro 2012 - 13h46

O subtenente da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul Carlos Silveira, 39 anos, foi executado com 19 tiros de pistola nove milímetros, na manhã desta segunda-feira, dia 17 de dezembro, no posto de combustível Caravaggio, no anel rodoviário, em Campo Grande. A informação é da perícia da Polícia Civil. No local, foram apreendidos nove projéteis deflagrados.

O Policial Militar, que trabalhava no Ciops (Centro Integrado de Operações de Segurança), tinha acabado de sair do serviço e foi ao posto abastecer o carro que dirigia, um GM/Celta, de cor prata. O subtenente foi atingido fora do veículo, quando se dirigia ao caixa para pagar pelo combustível. Funcionários disseram que ele costumava abastecer com frequência no posto.

Um frentista do posto contou à Polícia que o atirador chegou a pé, se dirigiu até a vítima e começou a atirar. O PM não teve tempo de reagir. Conforme relato da testemunha, depois dos disparos, o atirador saiu correndo e entrou em um carro preto, que aparentava ser um Fiat/Pálio e estava parado do outro lado da via.

Tiros acertaram ainda o vidro da farmácia que fica dentro do posto e uma bomba de combustíveis.

Carlos Silveira estava há pouco tempo em Campo Grande, ele havia sido transferido do Batalhão de Naviraí. O site Campo Grande News apurou que o policial morto estava passando pelo processo de exclusão da corporação.

Ele havia sido preso em uma operação que identificou envolvimento de agentes de segurança na máfia do contrabando de cigarros em Mato Grosso do Sul. E é esta uma das linhas de investigação da Polícia Civil para se chegar ao suspeito.

De acordo com o delegado do 4º Distrito Policial da Capital, Devair Aparecido Francisco, as imagens do circuito interno vão ajudar na identificação do suspeito e o envolvimento dele na máfia do contrabando de cigarros é o que vai conduzir as investigações.

O Comando da Polícia Militar do Estado vai se pronunciar sobre o caso em coletiva ainda nesta segunda-feira.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MS
Abertas inscrições para mais de 1.800 vagas em concursos públicos
SIDROLÂNDIA
Motorista é preso com 194 quilos de maconha na rodovia MS-162
SUPOSTO CORONEL
Supremo manda PGR investigar ataques a Rosa Weber em vídeo
STJ
Justiça autoriza soltura de advogado preso junto com André Puccinelli
PESQUISA
Ibope para presidente, votos válidos: Bolsonaro, 57%; Haddad, 43%
NOVA ANDRADINA
Dupla é flagrada arremessando drogas para dentro de presídio
DOURADOS
Mostra Cultural Saberes indígenas na Escola acontece em novembro
JUSTIÇA
Plano de saúde indenizará paciente por negar cobertura de tratamento
FUTEBOL
Federação sorteia grupos e confirma uso de VAR no Paulistão 2019
UEMS/UFGD
3ª edição das Olimpíadas dos Servidores será na próxima sexta

Mais Lidas

RODOVIA
Ônibus que saiu de Dourados pega fogo na BR-163; veja vídeo
OPERAÇÃO SATURAÇÃO
Megaoperação cumpre dezenas de mandados de prisão em Dourados
DOURADOS
Ação contou com apoio de 4 delegacias da Capital e cumpriu mais de 40 mandados de prisão
DOURADOS
Indígena é espancado por 14 presos em cela do 1º DP e morre