Menu
Busca sábado, 21 de abril de 2018
(67) 9860-3221

Policiais civis em MS são presos por suspeita de corrupção passiva

08 dezembro 2012 - 10h00

Três policiais civis foram presos em operação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) nesta sexta-feira (8), em Coronel Sapucaia e Amambai, no sul do estado, região de fronteira com Paraguai. Segundo o Ministério Público Estadual (MPE), eles são investigados pela prática dos crimes de peculato, corrupção passiva, inserção de dados falsos em banco de dados da administração pública e de formação de quadrilha.


Segundo o MPE, as prisões foram feitas durante a Operação Nhu-Verá (nome anterior de Coronel Sapucaia, em tradução livre, 'Campo Brilhante').

Os mandados foram cumpridos em Amambai e Coronel Sapucaia, com apoio de policiais da Corregedoria da Polícia Civil e da Delegacia Especial de Combate ao Crime Organizado (Deco).

Também foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão em residências e repartições públicas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL DOS BRASILEIROS
Brasília celebra 58 anos e filha de JK diz que cidade é sonho do pai realizado
AGENDA
Doenças raras e superação da violência são temas de audiências na ALMS
MS-164
Argentino é preso em MS tentando levar maconha até o Rio de Janeiro
BR-163
Dupla é presa tentando trazer veículos furtados até Dourados
BRASIL
Campanha de vacinação dos povos indígenas começa hoje
DOURADOS
Adolescente que comprava maconha no Paraguai para revender é apreendido
JARDIM GUANABARA
Homem é preso acusado de abusar de criança em Dourados
FAMOSOS
Thiago Fragoso se afasta de “O Outro Lado do Paraíso" por problemas de saúde
FUTEBOL
Quatro árbitros de MS são escalados para os Brasileiros das Séries C e D
DOURADOS
Demissões aumentam, mas acumulado do ano ainda é positivo

Mais Lidas

SOLIDARIEDADE
Dourados inaugura a primeira geladeira solidária nesta sexta-feira
ABRIGO
Fazendeiro morto por pistoleiros já hospedou membro do Comando Vermelho
Morador da Rocinha foi preso com documento falso quando vigiava posto da PRF, na BR-463, uma das principais rotas do narcotráfico
POLÍCIA
Mulher é presa com crack do Paraguai na Rodoviária de Dourados
TRÊS LAGOAS
Homem procura delegacia após investir carro em bitcoin e não ter retorno prometido