Menu
Busca sábado, 21 de julho de 2018
(67) 9860-3221

Policiais civis em MS são presos por suspeita de corrupção passiva

08 dezembro 2012 - 10h00

Três policiais civis foram presos em operação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) nesta sexta-feira (8), em Coronel Sapucaia e Amambai, no sul do estado, região de fronteira com Paraguai. Segundo o Ministério Público Estadual (MPE), eles são investigados pela prática dos crimes de peculato, corrupção passiva, inserção de dados falsos em banco de dados da administração pública e de formação de quadrilha.


Segundo o MPE, as prisões foram feitas durante a Operação Nhu-Verá (nome anterior de Coronel Sapucaia, em tradução livre, 'Campo Brilhante').

Os mandados foram cumpridos em Amambai e Coronel Sapucaia, com apoio de policiais da Corregedoria da Polícia Civil e da Delegacia Especial de Combate ao Crime Organizado (Deco).

Também foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão em residências e repartições públicas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Dany Bananinha exibe suas curvas na ilha de Fernando de Noronha
DOIS IRMÃOS DO BURITI
Detentos tiram fotos e atualizam Facebook de dentro de presídio
MEDIDA PROVISÓRIA
Governo Federal cria fundo nacional de desenvolvimento ferroviário
ECONOMIA
Preço da gasolina sobe após 6 semanas seguidas de queda, diz ANP
ECONOMIA
Prazo para atualização do Cadastro Único é prorrogado até 17 de agosto
TRÊS LAGOAS
Retirada da carreta que tombou na BR-158 demorou mais de 5 horas
TECNOLOGIA
Whatsapp anuncia testes contra disseminação de fake news
NOVA ANDRADINA
Taxista tenta desviar de buraco e capota veículo na MS-134
ELEIÇÕES 2018
Solidariedade ameaça deixar 'Blocão' após se aproximar de Alckmin
BOAS PRÁTICAS
Grupo de Brasília visita o HU de Dourados e conhece assistência a indígenas

Mais Lidas

ALBINO COM A JOAQUIM
Músico morre quatro dias após acidente no Centro de Dourados
LAMA ASFÁLTICA
Puccinelli, filho e advogado são presos na Capital
DOURADOS
Vereador é assaltado por dupla armada ao chegar em casa
CAARAPÓ
Ação conjunta prende trio suspeito de roubo a joalheria